WEC: Peugeot com a Rebellion no Mundial de Resistência

Por a 4 Dezembro 2019 12:24

A Peugeot e a Rebellion decidiram unir forças e enfrentar juntas os desafios do Mundial de Endurance (WEC) e logicamente, as 24 Horas de Le Mans.
A partir de 2022, as duas empresas passam a fazer um percurso comum, baseando-se nos seus respetivos pedigrees desportivos e tecnológicos, na nova classe Hypercar prevista para a endurance a partir daquele ano de 2022.

Em janeiro de 2020 serão conhecidas as linhas principais do projeto, com a Peugeot Sport e a Rebellion a ‘montarem’ a equipa.
Para Jean-Philippe Imparato (CEO da Peugeot): “A Peugeot tem estado por trás de alguns dos momentos mais memoráveis das corridas de endurance, seja a gasolina ou diesel e hoje, voltamos a nossa atenção para uma nova aventura fundada na tecnologia híbrida eletrificada. Ficámos encantados por ver como o recente anúncio da nossa participação na competição foi bem recebido, especialmente porque esta mudança em termos desportivos e de unidade de potência, irá acompanhar o lançamento dos nos carros Peugeot Sport Engineered.
Estou muito entusiasmado com este programa, especialmente porque vamos trabalhar em associação com um grande parceiro. A paixão comprovada da Rebellion, a busca pela perfeição e credenciais de desempenho, encaixam-se perfeitamente nos valores da Peugeot, que são padrões exigentes”, disse.

Já Alexandre Pesci (Presidente da Rebellion Corporation): “Acredito que a paixão das nossas duas empresas fala por nós, como uma linguagem comum e simples. Juntos, vamos construir um carro e uma equipa para competir no que promete ser um campeonato ferozmente disputado, ao mesmo tempo que procuramos iniciar juntos um recorde de sucesso”.

2
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
ecs
Membro
ecs

O reconhecimento da competência da Rebellion.

À parte deste assunto, parece-me que o WEC está a atingir um ponto de maturidade, seja pela chegada de novas equipas/construtores (para além da Toyota e Aston Martin, que assumiram inicialmente os hipercars), como pela forma como resolveu o fiasco de Interlagos. LIKES!

mario
Membro
mario

A WEC deixa de ser o pináculo dos automóveis e passa a ser pior que a LMP2, chega-se ao cúmulo de travar os LMP2 para não serem mais rápidos que os futuros carros lentos.

últimas Destaque Homepage
últimas Autosport
Lost your password? Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.
Nós não partilhamos os seus dados pessoais com ninguém.