Toyota apresentou TS050 Hybrid LMP1

Por a 24 Março 2016 10:40

A Toyota apresentou oficialmente o seu carro para o Mundial de Endurance deste ano, o TS050 Hybrid LMP1. Tal como a Porsche e a Audi também a Toyota vai ter dois TS050s em pista, o #5 para Sebastien Buemi, Anthony Davidson e Kazuki Nakajima, e o #6 para Mike Conway, Stephane Sarrazin e a mais recente aquisição da equipa, Kamui Kobayashi. De forma a tentar não repetir a má época do ano passado com o TS040, em que a Toyota se viu batida pelo Audi R18 e-tron quattro e o Porsche’s 919 Hybrid, o novo TS050 tem novos argumentos, que passam por um V6 de 2.4 litros, injeção direta e duplo turbo, combinados com um sistema híbrido de 8MJ, tendo em conta que a nova geração de motores turbo se adequa melhor aos limites de fluxo de combustível para o motor impostos pelos regulamentos.

8
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
can-am
Membro
can-am

Precisamente porque sempre gostei muito de protótipos, e nos últimos anos tenho levado grandes “indigestões” neste campo, principalmente no que diz respeito ao seu mau aspecto, passo a explicar: 1- Quando há 3 anos reduziram a largura de 2 m para 1.90, tornaram estes carros, que pretendem ser o topo do automobilismo fechado, ridiculamente mais estreitos que qualquer modelo de produção duma gama média/alta. Muito feio para quem vê ! 2- Retirem rapidamente aquele avental publicitário, vulgo barbatana traseira -dá-lhes um aspecto de camião TIR! Pesado e tosco. Mesmo intragável, por mais bem servido ! 3- Aumentem e muito, as… Ler mais »

Diogo V
Membro
Diogo V

Tudo o que pede pode fazer sentido em termos visuais, mas vai arruinar os carros em termos aerodinâmicos. Ao contrário dos Grupo C que funcionavam muito à base de potência e baixo peso, os protótipos atuais funcionam à base da aerodinâmica. Se esta ficar arruinada, os carros ficam arruinados. Não concordo muito com os seus pontos e passo a explicar porquê. Isto é apenas a minha opinião pessoal, o meu objetivo não é fazer alguém mudar de ideias ou apontar o dedo e dizer que está errado (só digo isto porque já me aconteceu ser insultado por causa da minha… Ler mais »

can-am
Membro
can-am

Toda a aerodinâmica destes LMP1 é feita com o objectivo de limitar o desempenho e aumentar a segurança (politicamente correcto). Porque se utilizassem os envelopes aerodinâmicos dos antigos GR C,ou seja a enorme liberdade de superfícies aerodinâmicas, meu amigo, os carros em Le Mans por exemplo andariam pelos 2,30 por volta !!! Esta aerodinâmica em termos absolutos, de eficiência tem pouco, é sim a resposta mais adequada aos enormes constrangimentos que a actual regulamentação impõe ( e tem imposto ao longo dos anos ) neste campo. Entendamo-nos : se o regulamento do GR C vigorasse ainda hoje os carros obviamente… Ler mais »

Diogo V
Membro
Diogo V

Tem a certeza disso? Porque da última vez que verifiquei estes carros são mais rápidos que os grupo C, apesar de terem menos potência e serem mais pesados. A não ser que hajam milagres, a aerodinâmica é mais eficiente que antigamente. Na verdade, a aerodinâmica dos Gr.C criavam muito menos downforce que os atuais carros. Ex: Apesar de não ser grupo c, os Mercedes CLR usavam o mesmo principio aerodinâmico e não conseguiam fazer downforce suficiente para manter o carro no chão a altas velocidades. Com o mesmo tipo de design destes carros, os CLR’s não teriam problemas. Não sei… Ler mais »

can-am
Membro
can-am

Não querendo prolongar este interessante diálogo chamo a atenção para o seguinte: de cada vez que os protótipos do LMP1 se começam a tornar demasiadamente rápidos (entenda-se aproximarem-se da barreira psicológica ??? dos 3.15 em La Sarthe),o ACO actua a faz logo um downsizing, proibindo uma série de coisas e mandando os carros novamente para os 3.30. Depois com a natural evolução, os carros, passado tempo, voltam a aproximar-se desses tempos, e novamente o ACO “manda-os para baixo”. Tem sido assim ao longo dos anos, recorrentemente ( e na F1 acontece basicamente o mesmo ). O que é compreensível na… Ler mais »

ze-do-pipo
Membro
ze-do-pipo

Será que existe a regra: se é um LMP1, então tem que o pintar de branco, vermelho e preto! Não quero falar das imposições regulamentares porque não as conheço, sobretudo as aerodinâmicas, mas não acho que estejam a tornar feios os LMP1. Acho o WEC muito atractivo, tanto para as marcas como para os espectadores, quer tecnologicamente quer aerodinâmicamente. O que não consigo perceber, sobretudo comercialmente, é o facto da Toyota ter alterado a sua decoração para as mesmas cores da Audi, e a decoração dos Porsche usa as mesmas cores.

Kimi Iceman
Membro
Kimi Iceman

O branco e o vermelho são as cores da Toyota (lembro-me dos F1 da Toyota que eram dessa cor).

ze-do-pipo
Membro
ze-do-pipo

Sim, sei que as cores oficiais da Toyota são essas, mas acho que neste caso específico perdem exposição e impacto público-públicitário, ao recorrem a essas cores. Podiam utilizar as mesmas cores mas de modo semelhante à decoração que tinham no GT-One (TS020)! Era dos protótipos melhor decorados, mas não é aquela que parece da Marlboro mas sim a outra com base vermelha e “pinceladas” a branco.

últimas VELOCIDADE
últimas Autosport