V de V no Estoril: Campeões por KO!

Por a 4 Novembro 2018 16:04

Novembro é mês do verão de São Martinho, e como é habitual o Circuito do Estoril recebe a visita anual do Challenge V de V, competição francesa de corridas de resistência, que tem a correr GT e Sport-protótipos. Há muito que o Estoril é a prova de encerramento do calendário, sendo que desta feita, tendo em conta que o V de V correu absolutamente sozinho, público português… nem vê-lo.

Depois duma sexta-feira com muita chuva, no sábado o sol iluminou o Circuito do Estoril, dando outra cor ao último dia de corridas da temporada 2018 do V de V Endurance Series. Por fim, tratou-se de um interessante ponto final, com muitos campeões, que se juntam à longa lista de vencedores das competições organizadas há mais de 25 anos por Eric Van de Vyver.

Sendo verdade que ainda havia muita gente qualificada matematicamente para ser campeão, era, no entanto improvável que o título escapasse a Matthias Kaiser ou ao duo composto por Jakub Smiechowski e Pontus Fredriksson, que estavam separados por apenas 1.5 pontos antes da chegada a Portugal.

A missão do Ligier JSP3 #26 da Wimmer Werk Motorsport e do Ligier #22 da Inter Europol foi, portanto, bastante simples: Havia que terminar um na frente do outro. Durante três das seis horas, ambos jogaram um verdadeiro jogo do gato e do rato, passando-se mutuamente, quer em pista ou nas idas às boxes.

Mas acabou por ser a mecânica a resolver a questão, com as ambições da equipa polaca a esvaírem-se depois do carro de Smiechowski/Fredriksson/Hippe parar cerca do meio da corrida com um problema mecânico. Matthias Kaiser pode, portanto, rolar até ao final da corrida e confirmar a legitimidade da sua coroação, conseguindo um segundo lugar, apenas seis décimos atrás do Ligier LMP3 #69 da Monza Garage, pilotado por John Corbett, James Winslow e Andrew Laskaratos, que depois de assegurarem a pole position, realizaram uma corrida sem falhas e venceram a corrida.
No terceiro lugar do pódio ficou o Ligier #33 de Paul Scheuschner/Moritz Müller-Crepon/Xavier Michel.

Naquela que foi a sua primeira aparição no V de V, a equipa Red River Sport deixou boa impressão terminando às portas do Top 3 com a dupla Johnny Mowlem/Bonamy Grimes, a pilotarem um Norma M30 325. Os homens do Ligier #77 da Graff, Sébastien Page e Luis Sanjuan, venceram o foram campeões da categoria Prestige.

Nos PFV, a vitória foi para o Renault R.S. 01 #45 da AB Sport Auto de Domingues/De Miguel/Ferté, que terminaram na frente do Phoenix #96 Solution F de Charriol/Zacchia (pai e filho), e finalmente o Renault R.S. 01 #16 da DEMJ de Massimiliano Mugelli e Patrick Sarrailh, campeões da categoria, apesar da ameaça do Phoenix #87 da Solution F de Faure/Cochet/Pourquie, que se estrearam este ano. Nos GT, vitória e novo título para o Ferrari 488 GT3 #°1 da Visiom, de Jean-Paul Pagny, Thierry Perrier e Jean-Bernard Bouvet.

1
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas Newsletter
últimas Autosport
Lost your password? Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.