assinaturas

GT Open: Batalha pelo título ‘aqueceu’ fortemente

Por a 22 Setembro 2019 00:04

A dupla líder do campeonato, Giacomo Altoè – Albert Costa, não pontuou na primeira corrida do GT Open o que aliado ao terceiro lugar de Martin Kodric e Henrique Chaves e ao triunfo de Fran Rueda-Andrés Saravia, isso leva que a que a três corridas do fim da competição, a de hoje de Barcelona e as duas que ficam a faltar de Monza a diferença entre as três duplas da frente seja de apenas sete pontos. Os homens da Emil Frey Racing Lamborghini mantiveram o seu Lamborghini em pista com pneus para piso molhado, e terminaram apenas em 11º.

A dupla Rueda-Saravia venceu a primeira corrida do fim de semana com a McLaren 720S da Teo Martín Motorsport, sucesso completado pela dupla Martin Kodrić-Henrique Chaves, que foram terceiros, mas a confirmação deste resultado só chegou horas depois do fim da corrida, após uma penalização de 5 segundos ao Mercedes da Antonelli Motorsport de Riccardo Agostini-Loris Spinelli, que tinha cruzado a meta como primeiro classificado depois de uma ‘jogada’ na última curva, de Spinelli a Saravia, que não foi considerada correta pelos Comissários Desportivos.

A corrida foi soberba, rica em emocionantes batalhas mas condicionada por condições atmosféricas e também pelas estratégias de pneus, com algumas equipas a ‘calçar’ antecipadamente pneus slick, a ser recompensadas. Mas não Giacomo Altoè-Albert Costa, que na sua corrida em casa, do lado do piloto catalão, cometeram o erro de manter o Lamborghini com pneus para piso molhado, terminando apenas em 11º, e não marcando pontos. A vantagem sobre Chaves-Kodrić e Rueda-Saravia, que estão agora agora empatados em segundo, caiu para 7 pontos.

A Antonelli Motorsport, apesar da desilusão de ter ficado sem o triunfo, teve sucesso na Am com Giuseppe Cipriani, que terminou à frente de Janine Hill-John Shoffner (GetSpeed Mercedes). Na Pro-Am, Frederik Schandorff, que surge emparelhado com Tuomas Tujula, reduziu para 2 pontos a diferença na classificação, depois de conquistar a terceira vitória da época à frente do Mercedes de Ward-Dontje (HTP Motorsport) e Remenyako-Schiller (GetSpeed). Miguel Ramos esteve nas lutas da parte da frente do pelotão, mas terminou apenas na décima posição.

assinaturas

Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas GT OPEN
últimas Autosport
Lost your password? Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.
Nós não partilhamos os seus dados pessoais com ninguém.