IMSA/Virginia: Álvaro Parente sétimo em corrida complicada

Por a 23 Agosto 2020 07:57

Não foi nada fácil e foi a ferros que Álvaro Parente assegurou o sétimo lugar, na prova deste fim de semana da IMSA SportsCar Championship, que teve lugar na Virginia International Raceway. Desde a primeira sessão de treinos-livres que o português, o seu colega de equipa, Misha Goikhberg, e a Heinricher Racing trabalharam na afinação do Acura NSX GT3 para que este pudesse evidenciar um comportamento que permitisse à dupla lutar por um bom resultado, qualificação ainda deu boas indicações, com o canadiano – é obrigatório ser o piloto menos categorizado a realizar a qualificação e o primeiro turno de condução da corrida – a assegurar o oitavo lugar numa sessão em que os oito primeiros ficaram separados por três décimos de segundo.

Esperava-se, portanto, que a dupla pudesse recuperar durante a corrida e Misha Goikhberg chegou a rodar em sexto. Contudo, no final do seu turno o comportamento do #57 começou a degradar-se e acabou por entregar o Acura NSX GT3 ao piloto do Porto no décimo lugar.
O português saiu das boxes com um ritmo elevado e conseguiu subir sétimo, mas rapidamente foi obrigado a gerir o consumo de combustível, não lhe sendo possível atacar para tentar recuperar mais posições.

Apesar das dificuldades com o comportamento do seu carro e de ter de poupar gasolina para ver a bandeira de xadrez, Álvaro Parente conseguiu manter a sétima posição, sendo resultado possível dadas as circunstâncias. “Foi uma corrida complicada! Tivemos algumas complicações com a afinação da nossa máquina. Era possível realizar uma boa volta, mas rapidamente o comportamento se degradava, o que tornava difícil realizar um turno de condução consistente. Para além disso, devido às situações de Safety-Car, acabei por ter de gerir o consumo de combustível, não podendo atacar. Foi uma corrida difícil”, apontou o português.

O sétimo lugar acaba por ser o mal menor, tendo toda a equipa de trabalhar para encontrar uma solução já para a próxima etapa do IMSA SportsCar Championship. “Normalmente, não veria um sétimo lugar como um bom resultado, mas atendendo a todas as contrariedades, penso que foi uma classificação além do que seria suposto alcançar. Vamos ter de encontrar uma solução para as dificuldades que sentimos e podermos regressar mais fortes”, concluiu Álvaro Parente esperançado. A corrida na classe GTD, foi ganha pela dupla Bill Auberlen/Robby Foley em BMW M6 GT3.
A próxima ronda do IMSA SportsCar Championship realiza-se em Road Atlanta, Estados Unidos da América, a 6 de setembro.

Deixe aqui o seu comentário

últimas IMSA
últimas Autosport