/velocidade/formula-e/formula-e-novo-carro-ja-foi-mostrado-aos-responsaveis-do-campeonato/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=formula-e-novo-carro-ja-foi-mostrado-aos-responsaveis-do-campeonato&utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=formula-e-novo-carro-ja-foi-mostrado-aos-responsaveis-do-campeonato
Fórmula E: Novo carro já foi mostrado aos responsáveis do campeonato | AutoSport

Fórmula E: Novo carro já foi mostrado aos responsáveis do campeonato

Por a 22 Julho 2021 17:54

A Fórmula E do futuro começa a ganhar forma e os responsáveis da FIA e da Fórmula E já tiveram contacto com o aspeto dos novos monolugares que entrarão em cena no final de 2022.

Como habitualmente, a Fórmula E faz questão que os seus carros seja diferentes e futuristas, e os Gen 3 seguem essa mesma filosofia. Jean Todt, presidente da FIA disse à The Race no recente E-Prix de Nova Iorque, que “sempre foi a intenção de ter um carro para parecer diferente. Desde a primeira geração que os carros foram diferentes.”

 Frederic Bertrand revelou um pouco mais sobre o novo conceito:

“Neste momento, as pessoas que viram o carro, na sua maioria internamente e a Fórmula E do lado do marketing, sentem que ele corresponde ao que podemos esperar do Gen3, que deve ser um carro que corresponde ao ADN do campeonato e que corresponde também ao ADN de um carro de corrida”, disse Bertrand.

“O mundo das corridas eléctricas é onde tudo está a mudar muito rapidamente, por isso corremos o risco de ficarmos fora de moda após uma, duas ou três épocas”, disse Bertrand. “Isto é algo que temos em mente e iremos claramente com um carro com o qual esperamos impressionar no início e esperamos que as escolhas que fizemos mantenham isso durante o maior período de tempo possível. Além disso, é necessário fazer um carro que preencha todos os requisitos, particularmente os da segurança, mas também os da refrigeração e também precisamos de oferecer alguns bons espaços para os aspetos comerciais para as equipas”.

Segundo a The Race, o carro tem elementos diferenciadores, que se acredita terem algumas semelhanças estéticas com o Lotus 56 com turbina a gás e tração às quatro rodas de 1968 que fez a Indy 500. Elementos do Gen3 também foram comparados ao Brabham BT55 de Fórmula 1, utilizado em 1986.

O carro será construído pela Spark Racing Technologies (SRT) e a Williams Advanced Engineering (WAE), que irá fornecer o sistema de baterias. O MGU frontal será concebido e desenvolvido pela Atieva, sediado nos EUA. O carro não deverá ter uma asa traseira convencional, como acontece na atual Gen2. O carro foi pensado para ser 120 kg mais leve que os carros Gen2 (900kg), ter dimensões menores e um aumento na potência para 350 kW, equivalente a 450 cv, mais do que os atuais 250kW. Os Os pneus serão fornecidos pela Hankook de 2022/23 em diante.

Subscribe
Notify of
2 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Carlitos 01
Carlitos 01
7 dias atrás

O Brabham BT55 começa em bico afilado. O Lotus 56 tem um bico achatado, plano e largo…
Come serão eles parecidos com a Gen 3?

old-player
old-player
Reply to  carlos-asus-cruzgmail-com
5 dias atrás

Ou fica uma coisa engraçada ou vai ficar horrível.

últimas FORMULA E
últimas Autosport
formula-e