Fórmula E: Jean-Éric Vergne castigado por mensagem rádio

Por a 16 Julho 2019 12:40

Jean-Éric Vergne sagrou-se bicampeão de Fórmula E, feito nunca antes atingido, mas terá que cumprir serviço comunitário devido à mensagem que transmitiu no rádio.

Vergne disse ao seu colega de equipa, André Lotterer para parar na pista, e provocar a entrada do Safety Car, pois o francês encontrava-se numa posição desfavorável para revalidar o título. André Lotterer teve um acidente um pouco antes destas declarações, e a asa dianteira estava debaixo do próprio. Não obstante, Lotterer não cedeu às indicações do colega e seguiu para as boxes para resolver o problema.

“Se eu perguntasse a outro piloto qualquer na F1 ou na Fórmula E, eles teriam pedido o mesmo. Tu passas, e vês o teu colega uma volta atrás, carro partido, asa dianteira na parede, é algo normal de se pedir”, disse Vergne.

Recentemente, outro piloto cumpriu serviço comunitário. Max Verstappen foi ‘obrigado’ a ir ao GP de Fórmula E de Marraquexe, após os incidentes com Esteban Ocon. Espera-se castigo similar para Jean-Éric Vergne.

15
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
Cágado1
Membro
Cágado1

Não só a comunicação original é grave, como a justificação posterior de ‘é normal pedir’, ‘qq piloto faria o mesmo’ ainda pioram. E eu que sempre estimei o Vergne!…

mario
Membro
mario

Nem o Alonso pediu ao Piquet, foi o Britatore, logo é motivo para ser banido.

jcmr
Membro
jcmr

RASCA … não me espantou

Zé Bellof
Membro
Zé Bellof

Lamentável. Isto não é desporto…Se não tem unhas para tocar guitarra mude de instrumento.Ser”obrigado” a ir um gp de outra categoria qualquer não é serviço comunitário desculpem lá….

kiotto_9
Membro
kiotto_9

Não era ser castigado, mas sim banido do campeonato deste ano, de certeza que nem ele, nem mais nenhum piloto tentavam (ou faziam) algo do género

mario
Membro
mario

O Briatore foi banido para o resto da vida. O que ele pediu foi o mesmo, adulterar os resultados da corrida.

jcmr
Membro
jcmr

muito mau . . .

Carlitos 01
Membro
Carlitos 01

Feio, feio, feio, muito feio!
Briatore e Piquet filho queimaram-se na F1 por este tipo de motivo (só que consumado) e mesmo Alonso saíu chamuscado.
Agora se o serviço comunitário for um passeio de férias para assistir a outra corrida, como no caso do Verstappen, eu também quero!
Que é feito da “velha” sentença de ficar um fim de semana a limpar latrinas com a escova de dentes?

mario
Membro
mario

Essa das latrinas era justa, estava de acordo com as ideias de…

chicanalysis
Membro
chicanalysis

E a seguir tinha que lavar os dentes com a mesma?

jem
Membro
jem

Talvez por a Formula E ainda ser “verde” tem maus regulamentos. No mínimo o piloto devia ser excluído do campeonato. A equipa, que acedeu e deu a ordem, no mínimo retirada de todos os pontos e talvez uma multa daquelas que desencorajam os batoteiros. Claro que no passado já houve outras situações iguais, e que nunca foram descobertas. Mas existirem equipas, não é para isto.

mario
Membro
mario

Se ainda fosse ficar uns fins de semana numas rampas, no meio do esquecimento, de bandeira amarela na mão a fazer de comissário e passar umas largas horas sozinho à seca.

mario
Membro
mario

O desporto já não é o que era, penaliza-se situações de treta e perdoam-se situações que deviam dar direito a banimento como esta do Vergne e suspensão por 1 GP como a do Vettel na GB ou do Verstappen em Baku no ano passado, ou a do Ocon com o Verstappen. O Maldonado hoje em dia seria um herói, varria o pelotão todo e ganhava 5 segundos por cada um, ainda ganhava umas corridas. Hoje em dia o Villeneuve é que ainda era penalizado por ter levado com o Schumacher em cima.

z
Membro
z

Como diz o velho ditado “pior a ementa do que o soneto” cada vez mais se afastam do desporto e caminhamos para campeonatos de jogos de interesse.

Pity
Membro
Pity

Só tenho uma dúvida: O Vergne é que disse ao colega para parar na pista? Na Fórmula E há comunicação directa, via rádio, entre pilotos? Não deve ter sido bem assim… deve ter havido um intermediário, Vergne pediu à equipa e esta transmitiu o pedido. Portanto, tanto equipa como piloto agiram muito mal. Parabéns ao Lotterer por não ter acedido ao pedido.
Vergne, custa-me dizer isto, porque sempre simpatizei com ele, deveria ser excluído do campeonato.

últimas FORMULA E
últimas Autosport