12 Horas de Bathurst: Fantástica vitória da Porsche, Lamy vence ProAm

Por a 3 Fevereiro 2019 09:46

Uma ultrapassagem de antologia a oito minutos do final da corrida deu à Porsche o triunfo nas 12 Horas de Bathurst, primeira prova do Intercontinental GT Challenge.

Matt Campbell aproveitou bem o facto de ter pneus novos na fase decisiva da corrida e num local em que Jack Dennis (Aston Martin) não esperava, Forrest Elbow, meteu o carro por dentro e passou para a frente da corrida, oferecendo o triunfo à Earl Bamber Motorsport, e logo na sua estreia, levando depois o seu Porsche 911 GT3 R #912 a um triunfo com 3.4s de vantagem face ao Aston Martin V12 Vantage GT3 #62 da R-Motorsport, guiado na fase final por Jake Dennis.

Antes disso, um toque de Campbell no BMW M6 GT3 #42 da Team Schnitzer guiado por Chaz Mostert poderia ter redundado numa penalização, mas os Comissários entenderam nada fazer. Desta forma, Matt Campbell, que dividiu o Porsche com Dennis Olsen e Dirk Werner, ofereceram à Porsche a primeira vitória na clássica australiana, curiosamente, na última corrida do atual modelo da marca alemã.

Campbell surgiu na quinta posição depois da derradeira passagem pelas boxes, foi ganhando posições, aproveitando da melhor forma o facto de ter pneus novos e uma fase de neutralização da corrida fez com devido à paragem do KTM X-Bow GT4 #50 da M Motorsport, que parou na reta de Conrod, levou a que o líder na altura, Jake Dennis perdesse os sete segundos que tinha de avanço, permitindo a luta final.

O autor da pole, Raffaele Marciello susteve Shane van Gisbergen colocando o seu Mercedes-AMG GT3 #999 da GruppeM Racing no derradeiro lugar do pódio. Maxi Buhk e Maxi Gotz foram os seus companheiros de equipa. Chaz Mostert, que rodava na terceira posição na fase final da corrida, foi quinto com o BMW do Team Schnitzer, terminando na frente do Bentley Continental GT3 #108 da M-Sport guiado por Andy Soucek.
Seis diferente marcas de GT3 terminaram no top 7.

Pedro Lamy, Mathias Lauda e Paul Dalla Lana, venceram a classe ProAm, um resultado muito positivo tendo em conta as grandes dificuldades que foram tendo ao longo de todo o fim de semana, especialmente o grande acidente de sexta-feira. O Ferrari 488 GT3 #51 da Spirit of Race esteve perfeito durante a corrida, permitindo à equipa recuperar do 28º lugar em que partiram, terminando no nono lugar da classificação geral.

Já a Campeão do Intercontinental GT Challenge em título, a Audi teve uma corrida para esquecer, já que o seu carro melhor classificado foi 14º.

O Audi R8 LMS #2 do Team Vavoline teve problemas de direção, o #22 foi um dos 15 abandonos, depois de vários problemas.

1
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
Scb
Membro
Scb

Só acompanhei a corrida até a meio, mas estava a ser uma boa corrida com diversas lutas (as corridas de endurance parecem sprint). Os Mercedes era os mais rápidos mas com alguns problemas (os pilotos do #888 com problemas de travões, saíam derreados após um único stint)e logo atrás os Bentley, rápidos mas com intervenções nas boxes. Alternância sempre das marcas na frente, fruto também das diferentes estratégias. A Porsche tinha o carro que fazia os stints mais longos, mas não parecia ser suficiente. Audi, Nissan e Aston Martin estiveram também na frente. O resto só vendo o vídeo resumo,… Ler mais »

últimas Destaque Homepage
últimas Autosport