/todooterreno/tt-baja-hungria-joao-ferreira-no-podio-mas/
TT, Baja Hungria: João Ferreira no pódio, mas… | AutoSport

TT, Baja Hungria: João Ferreira no pódio, mas…

Por a 7 Agosto 2022 20:17

Benediktas Vanagas venceu a Baja Hungria, uma prova em que João Ferreira terminou num pódio agridoce, já que à sua frente ficou o seu concorrente direto na Taça Europeia de Bajas, o polaco Michal Maluszynski.

Estava tudo a correr a contento ao líder da Taça Europeia de Bajas, João Ferreira, mas uma arreliadora penalização complicou as contas e no final da Baja Hungria, o piloto do Mini JCW Rally preparado pela ARC Sport, terminou 11.5s atrás de Michal Maluszynski (Mini JCW Rally). Benediktas Vanagas/Kuldar Sikk (Toyota Hilux) venceram facilmente a prova húngara que lhes serviu de preparação para o próximo Dakar. João Ferreira/Davi Monteiro (Mini JCW Rally) foram terceiro, e agora tudo se decide na Polónia, casa do seu adversário direto, que certamente conhece bem melhor o terreno do que o português.
Benediktas Vanagas facilmente foi para a liderança e se afastou na frente, tendo mesmo chegado ao derradeiro dia de prova totalmente descansado quanto ao triunfo na prova: “foi um teste muito bom para o carro e também para nós, para o Dakar” disse o piloto que no final do primeiro dia de prova já tinha 2m45.5s de avanço para João Ferreira, e 2m47.2s para Maluszynski.
João Ferreira, líder da Taça Europeia de Bajas TT, chegou ao segundo lugar, mas foi-lhe atribuída uma penalização de três minutos por ter trocado as rodas na zona de neutralização no sábado, o que não é permitido, voltando por isso a cair para o terceiro lugar.
“Fomos rápidos, mas não pressionei tanto quanto pude porque não queria correr riscos”, admitiu João Ferreira. “No primeiro SS de hoje, consegui obter uma pequena vantagem sobre Michal (Maluszynski), mas o Benediktas (Vanagas) estava longe, por isso tudo correu como planeado. Mas depois veio a penalização…”, disse.
O português fez tudo bem no primeiro dia, mantendo Michal Maluszynski atrás de si, mas não foi isso que acabou por acontecer.
Pedro Dias da Silva/Victor Jesus (Volkswagen Amarok) estavam também bem classificados na Taça Europeia de Bajas, muito perto da frente, mas desistiram na Hungria e agora têm a vida mais difícil na competição. Começaram no 4º posto na SS2, a menos de quatro minutos da frente, caíram para sextos na SS3, mas abandonaram no Setor Seletivo seguinte. Curiosamente, da PRK Sport Rally Team, só terminou a dupla Filipe Nascimento e João Serôdio, que foram 5º do T3, as restantes duplas acabaram por desistir, Dias da Silva e Edgar Condenso/Carlos Silva com uma avaria na Ford Mondeo EXR 05 Proto.
Michael Braun e Ivo Santos também ficaram pelo caminho.

Classificação

  1. Vanagas Benediktas/Sikk Kuldar (Toyota Hilux), 4:43:16.7
  2. Maluszynski Michal/Kurzeja Lukasz (Mini John Cooper Works Rally), +8:37.7
  3. Ferreira João/Monteiro David Mini (John Cooper Works Rally), +8:49.2
  4. Zapletal Miroslav/Sykora Marek (Hummer H3 Evo), 24:56.3
  5. Ventura Montecamozzo Amerigo/Brun Mirko (Quaddy Yamaha YXZ), +42:07.6 (1ºT4)
  6. Porizek Zdenek/Vaculik Pavel (Ford F150 Evo), +43:28.6
  7. Navarro Santi/Sola Marc (Can-Am Maverick X3), +48:51.1 (1ºT3)
  8. Brutovsky Frantisek/Hauptmann Petr (Ford F150 Evo), +54:45.2
  9. Segura Jordi/Brugué Sergi (Can-Am Maverick X3) +1:05:28.7 (2ºT3)
  10. Hoffmann Bernd/Carignani Juan Carlos (Can-Am Bombardier X3 Turbo), +1:07:41.5
  11. Nascimento Filipe/Serôdio João (Can-Am Maverick X3) +19:32:12.0 (5º T3)
    NT Dias da Silva Pedro/Jesus Victor (Volkswagen Amarok)
    NT Condenso Edgar/Silva Carlos (Ford Mondeo Exr 05 Proto)
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
últimas Autosport Exclusivo
últimas Autosport
autosport-exclusivo