/todooterreno/dakar/dakar-montanha-russa-de-emocoes-na-x-raid/
Dakar: Montanha-russa de emoções na X-raid | AutoSport

Dakar: Montanha-russa de emoções na X-raid

Por a 8 Janeiro 2022 14:37

A X-Raid tem três carros no top 10, mas também tem outros mal classificados e já viu ficar pelo caminho Yasir Seaidan. Tal como se esperava, Jakub Przygonski/Timo Gottschalk (Mini/X-Raid Orlen Team) são os melhores classificados, com o quinto posto numa prova em que têm vindo consistentemente a recuperar. Sebastian Halpern/Bernardo Graue (Mini X-Raid Mini John Cooper Works Rally) são nonos, Vaidotas Zala/Paulo Fiúza (Mini JCW/Teltonika Racing) já chegaram ao top 10, enquanto Laia Sanz/Maurizio Gerini (Mini X-Raid Mini John Cooper Works Rally) (25º lugar) e Denis Krotov/Konstantin Zhiltsov (Mini/Msk Rally Team) (32º) tiveram contratempos que os atrasaram muito.
Como se sabe, o Dakar de Yasir Seaidan/ Alexey Kuzmich (Mini/YBS X-Xraid) chegou a um fim prematuro pois capotaram violentamente no quinto dia. Felizmente, o padrão de segurança no Rally MINI JCW é muito elevado e a dupla não sofreu quaisquer ferimentos.

A primeira semana do Dakar, que levou os concorrentes de Jeddah, via Hail, para a capital saudita Riade, foi muito cansativa. Não só para os pilotos, mas também para os seus navegadores pois a navegação provou ser muito difícil, com todos os dias a ‘devolver’ surpresas.

Para a X-Raid, a semana de abertura da prova foi uma montanha-russa de emoções com Jakub “Kuba” Przygonski a lutar com problemas de ‘handling’ do carro nos primeiros dias. Trabalhando de perto com os engenheiros, foi capaz dos resolver e com isso passou à ofensiva, subindo da nona para a quinta posição da geral. Ao contrário de muitos dos seus rivais, eles evitaram cometer grandes erros, quer ao volante, quer em termos de navegação.
“Os últimos dias têm sido muito longos e cansativos. Na verdade, foi uma boa semana. Perdemos algum tempo no início, mas conseguimos fazer algumas alterações ao Buggy e agora podemos competir novamente com os líderes. Temos de fazer um grande esforço na próxima semana, pois ainda temos tempo para recuperar”, disse Kuba Przygonski.

Foi tudo ao contrário para o argentino Sebastian Halpern, que está a disputar o seu primeiro Dakar no MINI JCW Buggy. Foi muito rápido durante os primeiros dias, mas depois o terreno mudou. Teve de parar repetidamente para mudar rodas, devido a furos no terreno rochoso. No entanto, tanto ele como o seu navegador, Ronnie Graue também evitaram cometer grandes erros, e por isso conseguiram manter o seu lugar nos dez primeiros da classificação geral: “Estou orgulhoso por estarmos entre os dez primeiros após a primeira semana. O MINI JCW Buggy está a andar muito bem e sem sobressaltos. A primeira semana poderia ter corrido melhor, mas o meu objectivo era estar entre os dez primeiros no dia de descanso. Consegui isso. Agora, queremos forçar o andamento na segunda semana, e depois ver o que acontece”, disse Sebastian Halpern.

O Dakar deste ano trouxe uma grande mudança para a espanhola Laia Sanz: No ano passado, começou o rally numa moto, agora fê-lo nos autos, e logo num MINI ALL4. Sanz e Gerini tiveram a infelicidade de ter de começar atrás dos camiões no início da semana.
Eles não só são difíceis de ultrapassar, como também ‘destroem’ o terreno.
Nos últimos dias, no entanto, começaram em frente aos pesos pesados e têm melhorado de forma consistente: Para Laia Sanz: “A primeira semana foi uma experiência espectacular. Claro, tivemos problemas e perdemos tempo, mas estamos sempre a lidar melhor com o MINI e estamos a ganhar muita experiência. Maurizio também está a fazer um excelente trabalho. No quinto dia, pudemos finalmente começar no top 30, o que foi uma grande vantagem. O percurso está em muito melhores condições. Como tal, o nosso objectivo para a próxima semana é sempre terminar no top 30, a fim de garantir uma boa posição de partida.

Denis Krotov e Konstantin Zhiltsov tiveram problemas na sexta etapa. Pouco depois da partida, uma falha técnica fez com que parassem e esperassem pelo camião de assistência rápida. Após a reparação, retomaram a etapa e acabaram por terminar no 71º posto. Encontram-se agora na 32ª posição da geral.

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
últimas DAKAR
últimas Autosport
dakar