Yves Matton: “Estamos a trabalhar para ter 20 carros de fábrica nos ralis”

Por a 11 Janeiro 2020 09:18

O diretor de Ralis da FIA, Yves Matton, revela que a federação está a trabalhar para quebrar recordes de fabricantes no Mundial de Ralis, durante os próximos cinco anos. Sendo verdade que nesta altura o WRC ‘luta’ para ter mais que dez carros do mais alto nível dos ralis, Matton aponta para que no futuro a médio prazo esse número seja maior, fala em 20, alegando que as mudanças previstas para 2022 são a chave para aumentar o nível das máquinas apoiadas pelas fábricas, mas deixa claro que não se refere a 20 World Rally Cars, ou seja, será essencialmente nos restantes níveis da pirâmide que podem entrar construtores novos: “Queremos que este seja o número médio. Nunca antes vimos esses números regularmente no WRC e esse é o nosso objetivo nos próximos cinco anos. Acho que estaríamos a sonhar alto demais se falássemos em 20 World Rally Cars à partida dos ralis, mas passo a passo estamos a construir ferramentas para ter 20 carros de fábrica nos arranque dos ralis. Sei que é um longo processo, falar de cinco anos, mas esta é a única forma de o conseguir e as mudanças que estamos a fazer para o WRC 2 e WRC 3 são realmente importantes para isto.”

Recorde-se que este ano de 2020, o WRC 2 funciona para as inscrições de fabricantes e equipas independentes, enquanto o WRC 3 funciona para os mesmos carros de especificação R5, mas apenas com condutores privados. Matton refere ainda o interesse em ver os pilotos privados a regressar aos World Rally Cars: “Sabemos que alguns fabricantes estão interessados em vender carros e sabemos também que alguns deles estão a mostrar mais flexibilidade para encontrar pilotos que poderiam guiar esses carros. Não falo de carros novos, serão carros da geração atual (2017 para cá), mas com homologações homologações um pouco mais antigas (ndr, 2017 a 2019). Estamos a trabalhar nisto e faz sentido colocar alguns carros no mercado”.

Por outro lado, apesar da perda da Citroën, Matton está confiante que o número de World Rally Cars de fábrica se manterá a um nível semelhante em 2020, com as três equipas a optarem por um quarto carro: “É muito cedo para tirar uma conclusão sobre o número de carros que vamos ver, mas não tenho a certeza se teremos menos (World Rally Cars) nas provas do que em 2019”.

Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas Destaque Homepage
últimas Autosport
Lost your password? Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.
Nós não partilhamos os seus dados pessoais com ninguém.