assinaturas

WRC, Rali da Suécia: Três Toyota no top 4

Por a 14 Fevereiro 2020 17:31

Elfyn Evans está a fazer algo semelhante a Monte Carlo e lidera o Rali da Suécia, Ott Tanak é segundo e recupera confiança. Kalle Rovanpera está nas suas sete quintas e Sébastien Ogier completa um trio de Toyota no top 4. Thierry Neuville sofreu ao abrir a estrada.

Já tinha dado muito boa conta de si no Rali de Monte Carlo e neste estranho Rali da Suécia está a fazer o mesmo. Elfyn Evans mostrou hoje o mesmo bom andamento e chegou ao fim do dia com 8.5s de avanço para o Campeão do Mundo em título, Ott Tänak. O galês ganhou dois dos quatro troços nas florestais na Suécia e na Noruega.
As temperaturas altas durante a noite fizeram com que as estradas se tornassem numa mistura variável de gelo e terra, com alguma neve a fazer uma aparição tardia, mas bem-vinda para esta segunda ronda do Campeonato do Mundo de Ralis.
Evans venceu o troço de abertura, mas Tänak reduziu a sua vantagem para apenas dois décimos de segundo na especial seguinte. Outro tempo mais rápido permitiu ao piloto do Yaris WRC esticar a sua vantagem para 8.5s: “A sensação com o carro tem sido muito boa e não podemos reclamar depois de um dia como este. É bom, mas temos que fazer tudo de novo amanhã e não sabemos como serão as condições. Teremos de nos adaptar ao que nos for posto à frente”, disse Evans.

Tänak, de regresso depois do seu grande acidente no Monte Carlo, ficou satisfeito com o seu dia, depois de ter perdido muito tempo de ‘volante’ no seu Hyundai i20 WRC na sua primeira prova com os coreanos: “Não tive tempo suficiente com o carro, e estamos agora a dar passo-a-passo. A sensação ainda está lá, este tipo de acidentes acontecem, mas estive demasiado tempo sem guiar. Preciso de volante, e hoje foi um dia bastante curto, mas ainda assim deu para aprender muito”, disse ele.
Kalle Rovanperä está a fazer uma boa prova e está 5.8 segundos mais atrás, em terceiro, noutro Yaris WRC. O finlandês, que faz apenas a sua segunda aparição no nível superior do Mundial de Ralis, perdeu o segundo lugar depois de ter cedido segundos vitais quando deixou o motor do carro calar-se no início de um troço.
Sébastien Ogier colocou um terceiro Yaris WRC entre os quatro primeiros. O francês está 3.5s atrás de Rovanpera e a 17.8 segundos da liderança, tendo planeado alterações de afinaçõa do seu carro para conseguir, pelo menos, igualar a velocidade dos seus companheiros de equipa, que estão ambos à sua frente.
Esapekka Lappi é quinto num Ford Fiesta WRC e também fala em alterar as afinações do Fiesta WRC. O finlandês tem 2.7s de avanço para o vencedor do primeiro ‘round’, Thierry Neuville, já que o piloto do i20 WRC foi incapaz de extrair mais velocidade do seu carro tendo em conta que abriu a estrada. Perdeu 23.6s, nada irrecuperável… se este fosse um rali ‘normal’. É que faltam apenas 105 Km de troços cronometrados.
Craig Breen é sétimo a 0.6s de Neuville, e tem Teemu Suninen (Ford Fiesta WRC) a 7.2s
Takamoto Katsuta (Toyota Yaris WRC) é nono na frente do líder do WRC 3, Emil Lindholm.
Jari-Matti Latvala abandonou com problemas de motor no Toyota Yaris WRC.
Na segunda etapa, de sábado, repetem-se os troços de hoje, o horário é idêntico.
Três troços matinais, dois nas florestas da Noruega e um do outro lado da fronteira na Suécia, são seguidos por um pequeno troço espetáculo, para encerrar o dia. São 63.68km de ação cronometrada.

assinaturas

2
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
christopher-shean
Membro
christopher-shean

Força Evans! 🙂

Billy Bob
Membro
Billy Bob

Subscrevo e/mas Força Tanak depois de um acidente daqueles….
Uma hipotética vitória seria fabuloso.
Mas amanhã irão aparecer mais Ogier e mais Neuville.

últimas Ralis
últimas Autosport