Rui Moniz é o novo presidente do Grupo Desportivo Comercial

Por a 19 Julho 2019 13:19

Rui Moniz venceu as eleições para a direção do Grupo Desportivo Comercial, clube que organiza o Rali dos Açores. Rui Moniz foi o único candidato ao lugar, e venceu com 65 votos, de 66 votantes e deixou algumas palavras: “Trabalharemos afincadamente para honrar os pergaminhos do clube e da sua prova-rainha, mas precisamos da colaboração de todos, porque todos somos poucos. Uma palavra de conforto para as diversas entidades com as quais o Grupo Desportivo Comercial tem relações, nomeadamente o Governo Regional, o Eurosport Events, a FPAK e os muitos fornecedores: a tarefa não se afigura fácil, mas com o apoio de todos vamos ser bem-sucedidos.

Duas palavras à equipa técnica liderada pelo António Medeiros: uma de muito apreço pelo desempenho que foi coroado com o melhor relatório de sempre de observação da FIA; e outra de muita confiança na manutenção e desenvolvimento do índice organizativo. Podem contar connosco!

Os tempos são de memórias curtas e ingratidão, mas não por parte desta candidatura. A última palavra vai para os membros dos órgãos sociais que agora cessam funções, em especial: o Presidente da Direção, Francisco Coelho, que, apesar da contestação que teve nestes últimos tempos, foi o principal responsável pela entrada do nosso rali, primeiro no IRC e depois no ERC; e o Vice-Presidente da Direção, Rui Amaral, que teve um trabalho hercúleo – e solitário – em garantir o funcionamento do clube e a realização da edição de 2019 da sua principal prova. A todos, os nossos agradecimentos”, disse.

Agora, segue-se a tentativa de manter o Rali dos Açores no Europeu de Ralis. Não há muito tempo, François Ribeiro, presidente da Eurosport Events, entidade promotora do Campeonato da Europa de Ralis, revelou manter a vontade que o ERC 2020 volte a arrancar nos Açores, embora para que tal suceda todos os ‘problemas pendentes’ tenham que ser resolvidos: “Todos os intervenientes, Governo (Regional dos Açores), Eurosport Events e FPAK, estão a trabalhar arduamente para solucionar a dívida existente e assegurar uma solução viável para o Azores Rallye na FIA ERC. Nós adoramos os Açores e ficaríamos tristes se os perdêssemos”, disse François Ribeiro ao Açoriano Oriental.

Com a mudança de presidente, pode haver mais facilidade de se chegarem a consensos, embora não seja fácil um acordo relativo às questões financeiras pendentes, mas sem isso o ERC não ficará nos Açores. A alternativa, já se sabe, é o Rallye Serras de Fafe. De qualquer maneira que fique claro. As possibilidades da prova se manter nos Açores aumentaram muito com esta nova direção eleita…

Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas Ralis
últimas Autosport