Peugeot Rally Cup Ibérica/Rali de Madrid: Pedro Antunes na liderança

Por a 23 Novembro 2019 00:55

Terminado o 1º dia do Rally Comunidad de Madrid (RACE), última prova da Peugeot Rally Cup Ibérica 2019, cabe aos portugueses Pedro Antunes/Paulo Lopes deter a liderança provisória. Adotando uma forte toada, apesar do elevado grau de dificuldade dos troços desenhados na região montanhosa a norte de Madrid, fruto do mau tempo que varre a região, venceram 3 das 5 especiais que hoje se correram.
No seu encalço seguem Daniel Berdomás/David Rivero. Estando a apenas 5,4 segundos, os já virtuais “Campeões” não abdicam de uma potencial 4ª vitória no presente ano (em 6 provas), assim consigam levar os seus intentos a bom porto. O lugar mais baixo do pódio é pertença de Carlos Fernandes/Valter Cardoso, eles que ainda batalham pelo título de “Vice-Campeões” do presente ano.
O programa competitivo desta prova e da própria da Peugeot Rally Cup Ibérica 2019 completa-se amanhã (sábado), com uma tripla passagem pela classificativa desenhada no Circuito del Jarama, traçado que, assumindo diferentes configurações e cerca 60 km cronometrados, irá estabelecerá os rankings definitivos de Pilotos, Navegadores e Equipas desta Temporada 2 da copa coorganizada pela Peugeot Portugal e Peugeot Espanha.


Anteviam-se lutas cerradas neste Rally Comunidad de Madrid (RACE), última prova da Peugeot Rally Cup Ibérica 2019, quer pelos lugares do pódio, quer ao longo do competitivo pelotão dos Peugeot 208 R2, e a dupla ronda pelos troços de Puerto de la Puebla (15,88 km) e de El Berrueco (10,56 km) confirmou essa realidade, ao ponto de se registarem diferenças de tempo mínimas nos lugares da frente e até se ter verificado um melhor crono ex-aequo, o único desta temporada da copa ibérica.

Animados pelo ceptro de “Campeões 2019” que já conquistaram virtualmente, há um mês em Barcelona, Daniel Berdomás e David Rivero entraram a matar na primeira especial realizada na região montanhosa a norte de Madrid, fazendo o melhor tempo, marca que viria, logo a seguir, a ser igualada pela dupla Pedro Antunes/Paulo Lopes. Seguiram-se-lhes os rookies Domingo Estrada/Jesus Estrada, a cerca de 11 segundos, num troço que se apresentou bastante escorregadio, fruto da muita chuva e algum gelo que tem caído nas montanhas a norte da capital espanhola. Carlos Fernandes/Valter Cardoso e Riuari Bell/Darren Garrod foram os 4ºs e 5ºs mais rápidos, respetivamente, com os portugueses a ficarem a 3 décimas de segundo dos 3ºs mais rápidos e com apenas 1,5 segundos de vantagem sobre os britânicos.

Já a especial seguinte foi um quase feudo luso em termos de pódio, com a dupla Fernandes/Cardoso a impor-se aos compatriotas Antunes/Lopes (a 4,7 segundos), deixando os locais Sergí Francoli/María Salvo a 6,0 segundos. Já Berdomás e Rivero fizeram apenas o 6º tempo entre os 208 R2 da copa ibérica, ficando a 0,3 décimos de Domingo e Jesus Estrada e a 1,6 segundos dos britânicos Bell/Garrod.

PEDRO ANTUNES E PAULO LOPES BEM NA FRNETE NA 2ª SECÇÃO…
Estas mesmas especiais repetir-se-iam ao início da tarde, em mais 26,44 km cronometrados e sobre um alcatrão que teimava em manter-se muito molhado e escorregadio A chuva mantinha-se e até alguns flocos de neve caiam na região. Ainda assim, na ES3 (Puerto de la Puebla, 15,88 km), Antunes/Lopes tiravam 16 segundos ao tempo da manhã, deixando Berdomás/ Rivero a 4,9 segundos. Fernandes/Cardoso foram os 3ºs, à frente de um equilibrado grupo de adversários cujas diferenças de tempos rondaram, em alguns casos, os décimos de segundo, comprovando o equilíbrio de andamentos no restante pelotão.

De igual forma, na ES4 (El Berrueco, 10,56 km), a última dita tradicional deste Rally Comunidad de Madrid (RACE), os portugueses Antunes/Lopes voltavam a ser os mais rápidos, tirando 10 segundos ao registo matinal, uma vez mais batendo Berdomás/Rivero no seu próprio terreno. Conhecedores da região e das suas armadilhas, os estreantes na copa Domingo e Jesus Estrada (dupla composta por tio e sobrinho) alcançaram novo 3º melhor tempo.

À entrada para o último troço do dia, Pedro Antunes e Paulo Lopes tinham um avanço de 11,4 segundos sobre Daniel Berdomás/David Rivero, que por sua vez deixavam Carlos Fernandes/Valter Cardoso a 6,4 segundos, provisórios ocupantes do último lugar do pódio da Peugeot Rally Cup Ibérica, eles que tinham um algo confortável avanço de mais de 15 segundos sobre os pretendentes a tal posição de destaque.

1º ROUND NO CIRCUITO DEL JARAMA ‘FICOU EM CASA’
A fechar o dia e já dentro do complexo motorizado do Circuito del Jarama, que serve de centro nevrálgico do rali espanhol, os pequenos e competitivos 208 R2 deliciaram o muito público que, apesar do mau tempo, disse “presente”, ocupando as bancadas de uma singular classificativa desenhada ao longo do traçado em asfalto, normalmente usado em provas de velocidade. Nas 5 voltas dadas a um trajeto entrecortado com chicanes artificiais, foi a dupla espanhola Sergí Francoli/María Salvo a que mais rapidamente cumpriu os 18,52 km cronometrados, batendo Berdomás/Rivero por apenas 8 décimos de segundo e o 208 R2 dos Estrada por 2,4 segundos. Apenas 5ºs mais rápidos, os líderes do rali perderam quase 6 segundos para os seus mais diretos adversários.

Contabilizados os tempos deste dia 1 do Rally Comunidad de Madrid, o pódio provisório apresenta Berdomás/Rivero no seu lugar mais alto, agora com 5,4 segundos de vantagem sobre Lopes/Ribeiro, enquanto a dupla Fernandes/Abreu está já a uns longos 32,7 segundos. Atrás deles, a apenas 3,8 segundos, perfilam-se os regulares Bell/ Garrod e, a meros 3 décimos destes, a surpreendente família Estrada, a melhor dupla entre os estreantes. O ranking da Peugeot Rally Cup Ibérica prolonga-se até ao 11º lugar de Imanol Mendiguchia/Lorenzo Fernandez, igualmente rookies na prova mas que, por questões diversas passadas ao longo do dia de hoje, já estão a uns longos 4 minutos e 23,3 segundos dos líderes. Terminaram a etapa 11 dos 14 208 R2 que a iniciaram esta manhã.

Peugeot Rally Cup Ibérica 2019
Rally Comunidad de Madrid (RACE)
Classificação após a 1ª Etapa (provisória)
1º Pedro Antunes / Paulo Lopes, a 41m21,2s
2º Daniel Berdomás / David Rivero, a 5,4s
3º Carlos Fernandes / Vitor Cardoso, a 32,7s
4º Ruairi Bell / Darren Garrod, a 36,5s
5º Domingos Estrada / Jesus Estrada, a 38,8s
6º Sergi Francolí / María Salvo, a 46,9s
7º Josep Bassas / Manuel Muñoz, a 1m11,9s
8º António Acosta / Victor Perez, a 1m55,9s
9º Delbin Garcia / Cândido Carrera, a 1m56,6s
10º Óscar Palomo / Javier Martinez, a 3m10,2s
11º Imanol Mendiguchia / Lorenzo Fernandez, a 4m23,3s
Abandonos: Cristian Parrilla / Juan Seba (acidente na ES1) e Santiago García/Nestor Casal (acidente na ES1) e Hugo Lopes / Nuno Mota Ribeiro (na ES4);
Não alinhou: Ricardo Costa / Sérgio Rocha (faltou às verificações técnicas).
Nota: todos em Peugeot 208 R2

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
últimas Peugeot Rally Cup Ibérica
últimas Autosport