assinaturas

CRA, Luis Rego Jr.: “O que fica em causa é o próprio desporto”

Por a 22 Dezembro 2018 12:31

Um dos assuntos do ano nos ralis açorianos foi o acidente grave que aconteceu no Rali do Pico, que envolveu Bernardo Sousa e depois Luís Rego Jr., este último por falta de aviso por parte do piloto e/ou navegador do primeiro carro acidentado – no caso, teria de ter sido Valter Cardoso, navegador de Bernardo Sousa, a dar a informação devido às dificuldades físicas de Sousa.

A FPAK arquivou o processo durante a última semana e, se a decisão agradou ao piloto e à AutoAçorena Racing, Luís Rego – que viria a sagrar-se campeão, beneficiando da ausência do piloto madeirense da última prova – deixou duras críticas.

Pode ver o post do piloto, no Facebook, abaixo:

assinaturas

2
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
hlc
Membro
hlc

A FPAK fica muito mal nesta decisão. O Luis Rego tem toda a razão. Está aberto um precedente que poderá ser grave, quer em termos de verdade desportiva quer em termos de segurança.
Pior ainda é que a FPAK é re-incidente neste tipo de situações.

ramedlaV
Membro
ramedlaV

O Rego até tem razão em estar ofendido, sem dúvida, na altura do acidente até reagiu bem, numa boa, APOIANDO A EQUIPA ADVERSÁRIA , uma semana depois do acidente muda completamente o discurso, não sei se alguém no team lhe aconselhou a ter uma atitude mais dramática mas não coerente, o Team Alem Mar tem rabos de Palha, ou telhados de vidro……..Essa dos precedentes abertos, tem muito que se diga, falta de humildade. Não acredito que seja o discurso do Rego, mas sim algo estratégico.

últimas CRA
últimas Autosport