assinaturas

Rali dos Açores, PE9: Muito por decidir no CPR

Por a 23 Março 2018 22:05

Disputadas que estão nove das 15 classificativas que compõem a prova, Ricardo Moura continua na frente da classificação reservada aos pilotos que participam no Campeonato de Portugal de Ralis, para já com um avanço de 10.6s face a Bruno Magalhães, dois pilotos que lutam ainda pelo triunfo à geral no rali. Sendo essa a sua principal ‘guerra’ o CPR é acessório, mas não deixa de ser bem vindo.

Bernardo Sousa está na luta pelo Campeonato dos Açores de Ralis, competição em que é segundo atrás de Ricardo Moura, sendo que o piloto madeirense é o terceiro melhor português em prova, mas não conta para as pontuações do CPR, e nesse particular, entre os pilotos que têm previsto disputar o campeonato todo, o melhor é para já Carlos Vieira.

Aqui convém fazer um parênteses para referir que neste momento, segundo se sabe, Ricardo Moura e Bruno Magalhães não pretendem prosseguir no CPR. Moura disse em Fafe que nada tem previsto para lá do CRA, depois do Azores Airlines Rallye, e Bruno Magalhães deverá permanecer no ERC.

Posto isto, é o quarto classificado, Carlos Vieira o piloto que está com as perspetivas de somar mais pontos (exceção feita a Moura e Magalhães, claro)  pois roda agora  17.1s na frente de Ricardo Teodósio, com José Pedro Fontes três segundos mais atrás, sendo que o piloto da Citroën Vodafone Team está essencialmente a ganhar ritmo, pois não escolheu esta prova para pontuar.

Depois de Fontes, Aloísio Monteiro está já a 8:34.5, continua na aprendizagem do Škoda Fabia R5, Pedro Almeida, também a estrear-se com o seu novo Ford Fiesta R5 está 8.8s mais atrás. Dos 2WD falaremos noutro artigo.

assinaturas

Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas CPR - CAMPEONATO DE PORTUGAL DE RALIS
últimas Autosport