/formula1/f1/nao-esqueca-schumacher-a-partir-de-hoje-na-netflix-e-com-muita-polemica/
Não esqueça: Schumacher, a partir de hoje, na Netflix: e com muita polémica | AutoSport

Não esqueça: Schumacher, a partir de hoje, na Netflix: e com muita polémica

Por a 15 Setembro 2021 11:22

O documentário ‘Schumacher’ estreia hoje na Netflix. Pode contar com entrevistas raras, muitas filmagens de arquivo, provavelmente inéditas, está aí: como seria de esperar, não se trata de conteúdo analítico, crítico do piloto, mas pode contar com polémica.
Naturalmente os ‘confrontos’ Senna vs Schumacher, o mundial de 1994, as ilegalidades, passaram ao lado do documentário, o acidente com Damon Hill, claro, neste documentário é culpa do inglês, mas por acaso, Hill defende-se. No caso de Jerez 1997, com Jacques Villeneuve, teve que ser convencido que a culpa era sua, porque não acreditava nisso, inicialmente.
Relativamente a Mika Häkkinen, que o bateu em 1998 e 1999… foi por causa do carro.
Ficámos a saber que Jean Todt, chegou a pensar substituir Michael Schumacher, que chega à Ferrari em 1996, perde, e perde também em 1997, 1998, 1999…
Barrichello e Alonso, passam ao lado deste documentário. Por fim, o que todos sabemos, sem saber muito.
Michael Schumacher está vivo, mas não é a mesma pessoa que todos conhecemos.
Vale a pena ver.

Subscribe
Notify of
31 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Lagaffe
Lagaffe
3 dias atrás

Obviamente vou ver, mas com as minhas reservas. Já o documentário do Senna pareceu-me demasiado apaixonado e pouco rigoroso. Tinha algum fascínio pelo Schumacher quando começou, depois comecei a não gostar de algumas coisas. Penso que o meu ódio nasce de ele ter ganho todas as corridas de 94 contra o Senna e de muita gente começar a dizer que o Senna estava acabado. Nos meus 14 era incapaz de perdoar os seus (discretos) acenos aos adeptos no pódio e a sua análise fria na conferência de imprensa. Hoje entendo perfeitamente. Os golpes baixos seguintes só fizeram que o odiasse… Ler mais »

Lagaffe
Lagaffe
16 horas atrás

Inicialmente não tinha entendido a crítica ao documentário. Depois de ver entendi tudo.
Globalmente é fraco e chega a ser repugnante quando menciona a agressividade do Schumacher era totalmente medida e limpa e os outros pilotos é que não tinham essa capacidade de ir a jogo nesses limites.
Vale pelos comentários à pista de karting da família e as angustias dos filhos com a ausência do pai.
Não recomendo a ninguém que goste de F1.

últimas F1
últimas Autosport
f1