/formula1/f1/gp-hungria-f1-mick-schumacher-bate-de-forma-violenta/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=gp-hungria-f1-mick-schumacher-bate-de-forma-violenta&utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=gp-hungria-f1-mick-schumacher-bate-de-forma-violenta
GP Hungria F1: Mick Schumacher bate de forma violenta | AutoSport

GP Hungria F1: Mick Schumacher bate de forma violenta

Por a 31 Julho 2021 11:49

Mick Schumacher teve uma saída de pista algo violenta, que danificou muito a frente do seu carro. O piloto alemão estava numa volta rápida quando perdeu o controlo do carro, sem conseguir evitar um choque violento contra as proteções. O piloto pediu desculpa à equipa e disse que sabia o que significava, o que pode implicar que o jovem não irá estar na qualificação. A sessão foi interrompida para os comissários retirarem o carro da pista.

Subscribe
Notify of
2 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Pity
Pity
1 mês atrás

O Mazepin tem a fama, mas o Tsunoda e o Schumacher é que têm o “proveito” 🙂 Um proveito que, por certo, eles não quereriam, nem as respectivas equipas.
A Haas continua na mesma senda dos últimos anos, começo a achar que o problema principal está no carro, não nos pilotos.

Donadel
Donadel
1 mês atrás

O carro é uma grande treta e a culpa é da Haas… Colocou 2 Rookies a desenvolver um carro… Que ideia de génio. Basta acompanhar uma volta no onboard dos pilotos que dá para ver perfeitamente o carro a fugir por todo lado, tem pouca estabilidade e é imprevisível nas curvas.

E o carro do Próximo ano vai no mesmo caminho se a Haas não contratar um piloto de desenvolvimento.

últimas F1
últimas Autosport
f1