GP do Mónaco F1: Quem pode vencer a corrida?

Por a 23 Maio 2019 13:22

A resposta à questão colocada no título tem muito a ver com o resultado da qualificação, pois só referindo os últimos 10 anos, sete vezes o vencedor da corrida foi o autor da pole. Da mesma forma que ambos já partiram da pole no Mónaco, também Sebastian Vettel e Lewis Hamilton têm vitórias no principado, duas para sermos precisos. Mas ambos tiveram que esperar. Vettel venceu pela primeira vez em 2011 tendo que esperar até 2017 para repetir o feito, enquanto Hamilton ainda teve que esperar ainda mais. Venceu pela primeira vez em 2008 e fê-lo novamente em 2016, curiosamente perdendo 3-1 com Nico Rosberg no que a vitórias no Mónaco diz respeito, durante o tempo em que foram colegas de equipa.

Daniel Ricciardo e Kimi Raikkonen são os dois restantes pilotos da atual grelha da F1 que já triunfaram no Mónaco, sendo que o atual piloto da Renault bem que poderia ter duas, e Hamilton apenas uma, caso a Red Bull não tivesse errado fortemente na paragem nas boxes do australiano quando liderava a corrida em 2016, devido a não ter pneus prontos. Já Raikkonen, venceu com a McLaren em 2005.

Max Verstappen tem sido um visitante regular dos rails da pista, e já bateu fortemente em vários locais em 2015, 2016 e 2018. Contudo, o ano passado recuperou de 20º na grelha para nono, começando aí a sua melhor relação com a pista do Mónaco, o que pode dar sequência este ano.
Para já, começou bem ao colocar-se entre os Mercedes no primeiro treino livre, o que é um excelente sinal em direção ao que pode ser a sua reconciliação com a pista do Mónaco. Da forma que Verstappen tem pilotado este ano e o facto de estar ‘misturado’ na luta com os Ferrari, o GP do Mónaco é a sua grande chance de vencer este ano.

A única aparição de Charles Leclerc na sua pista ‘caseira’ acabou em desastre o ano passado, depois de um falha de travões no Alfa Romeo/Sauber levou o monegasco a bater. Mas seria muito interessante ver o monegasco alcançar a sua primeira vitória na F1 precisamente nas mesmas ruas onde ia a pé para a escola. Pode acontecer…

De qualquer forma, prognósticos no Mónaco são quase um tiro no escuro. Parece evidente dizer que os dois Mercedes arrancam da primeira linha e ganha um deles, mas a verdade é que tanta coisa pode acontecer no Mónaco.

Uma coisa é certa. O Grande Prémio do Mónaco é considerado pela generalidade dos observadores como uma das corridas mais ‘complicadas’ da temporada, devido às suas características únicas. Agora, se a um traçado muito sinuoso, estreito, praticamente sem escapatórias, com duvidosas condições de aderência, juntarmos a probabilidade de chuva durante a qualificação (40%) e, no domingo, durante ou em parte da corrida (40%), estarão reunidas todas as condições para que a prova deste ano seja pouco menos do que uma verdadeira lotaria.
Não quer dizer que chova, mas 40% de probabilidade é uma percentagem elevada.

E nessas condições quase – literalmente – qualquer um pode vencer.

Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas F1
últimas Autosport