GP Canadá F1, TL2: Dobradinha Ferrari

Por a 7 Junho 2019 20:51

Depois dos dois Mercedes terem ocupado as duas primeiras posições na primeira sessão de treinos livres, na segunda foi a vez da Ferrari colocar os seus dois pilotos no topo da tabela de tempos, com Charles Leclerc a cotar-se como o mais rápido em pista ao bater o seu companheiro de equipa na Scuderia, Sebastian Vettel, por 0.074s.

Depois da Mercedes ter superado a Ferrari com quase um segundo de vantagem no primeiro treino livre, as coisas foram bem diferentes no segundo, sendo que Lewis Hamilton bateu no muro e ficou de fora boa parte da sessão depois de danificar a suspensão traseira direita do seu Mercedes W10.

De qualquer forma, as margens são curtas, já que Valtteri Bottas, terceiro, ficou apenas a 0.134s de Leclerc. Quem também teve problemas foi Max Verstappen., pois o holandês ‘visitou’ o muro dos campeões, o que o fez perder tempo nas boxes.

Por isso, o quarto colocado foi Carlos Sainz, que terminou a 0.376s da frente. Kevin Magnussen (Haas) foi quinto, na frente de Hamilton. Sergio Pérez (Racing Point), Daniel Ricciardo (Renault), Nico Hülkenberg (Renault) e Lance Stroll (Racing Point) fecharam o top 10.

Os Red Bull não foram além da 12ª e 13ª, com Pierre Gasly na frente de Max Verstappen.

Lewis Hamilton ‘visitou’ o “Muro dos Campeões”

29
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
The Boss
Membro
The Boss

Eu sou um leigo na matéria, mas que tal a fórmula 1 ter menos voltas??? Tipo moto gp, os pilotos atacariam logo de inicio e as táticas seriam diferentes… E que tal fzr regressar os reabasteciamentos?

Pity
Membro
Pity

A F1 não pode ter menos voltas, caso contrário as corridas deixavam de ser denominadas Grande Prémio. Quanto aos reabastecimentos, não acrescentariam nada ao espectáculo, excepto mais perigo nas boxes.

últimas Destaque Homepage
últimas Autosport