F1: Zak Brown não espera um passo tão grande em 2020

Por a 14 Janeiro 2020 13:45

O CEO da McLaren, Zak Brown, admitiu que não espera que a equipa evolua ao mesmo ritmo que evidenciou em 2019.

O motivo é simples. O salto de 2018 para 2019 foi enorme mas era relativamente fácil de fazer, dada a fraca performance na época 2018. Qualquer pequena melhoria seria notada e o que se viu foi uma McLaren no rumo certo com um conjunto de melhorias que catapultaram a equipa para o topo do “campeonato B”.

Em 2020 espera-se que a equipa dê o próximo passo, mas esse passo é mais difícil de dar. A aproximação às equipas de topo tem uma exigência ainda maior e por isso Brown colocou um pouco de travão nas expectativas:

“Temos de continuar o nosso caminho”, disse Brown no show da Autosport International. “Tivemos um grande passo em 2019. Parte disso é porque estávamos tão mal em 2018, que era difícil não dar um grande passo em 2019. Portanto, não vejo esse mesmo passo entre 2019 e 2020. Os regulamentos são muito, muito parecidos, e não acho que a grelha tenha muitas mudanças. Provavelmente haverá algumas surpresas aqui e ali.”

“Espero que a Williams fique um pouco mais forte, não é bom vê-los nesta situação. Espero que eles acelerem um pouco o ritmo. Do nosso lado, ainda somos uma equipa jovem. James Key não desenvolveu o carro do ano passado, mas já participou no carro deste ano. Então, vamos ver como corre. Andreas Seidl só entrou no meio do ano. Precisamos melhorar, começar bem, o carro de 2021 já está no túnel de vento e estamos contentes com o carro de 2020. Devemos continuar a trabalhar e entender que isto não vai acontecer da noite para o dia. Vamos ter ótimos fins de semana e teremos alguns fins de semana maus. Mas vamos torcer para que continuemos esta evolução. “

2
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
Eu_não_sou_o_frenando_afondo
Membro
Eu_não_sou_o_frenando_afondo

Mas pelo menos já aprenderam a por àgua na fervura. No passado andavam a cantar de galo que para o ano ia ser um passo gigante, era mudar de motor e tumba, performances fantásticas “porque sim”. Agora já são mais comedidos e deixam que as coisas aconteçam primeiro na pista. Cyril, aprende.

filano
Membro
filano

Já percebeu que chegar lá cima ao topo não é fácil é um processo lento e complicado dai o discurso mais moderado, é preferível ser mais cauteloso em caso das coisas correrem mal. mal fi inteligente porque aprendeu com os erros…GO GO McLaren

últimas F1
últimas Autosport
Lost your password? Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.
Nós não partilhamos os seus dados pessoais com ninguém.