F1: Toyota e Haas podem unir esforços

Por a 10 Julho 2024 16:33

Os rumores de um possível regresso da Toyota à F1 ganham força. As notícias de uma possível parceria com a equipa Haas estão a ser veiculados nas últimas horas.

Masaya Kaji, o patrão da TGR, estava na boxe da Haas em Silverstone, o que poderá ter aguçado ainda mais o interesse dos jornalistas presentes. A isso, junta-se a presença de Ayao Komatsu em Le Mans, nas instalações da equipa nipónica.

O RacingNews365 avança que a probabilidade de a Toyota se juntar à Haas é grande, com interesse da marca em fazer um acordo do mesmo género que fez a Alfa Romeo com a Sauber. No entanto, outros rumores apontam para algo mais, havendo a possibilidade de uma parceria técnica, já a pensar na nova regulamentação de 2026.

O que parece ainda excluído é entrada em força da Toyota na F1, com um programa dedicado ou com um programa de fornecimento de motores. A Haas, que tem uma parceria técnica com a Ferrari, poderia usufruir da experiência e da tecnologia da Toyota (nomeadamente o túnel de vento) para dar um salto competitivo.

Para já, tratam-se apenas de rumores e o cenário mais provável é o de uma parceria nos moldes do que vimos entre a Alfa Romeo e a Sauber.

Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Já não é mais possível o Autosport continuar a disponibilizar todos os seus artigos gratuitamente.
Para que os leitores possam contribuir para a existência e evolução da qualidade do seu site preferido, criámos o Clube Autosport com inúmeras vantagens e descontos que permitirá a cada membro aceder a todos os artigos do site Autosport e ainda recuperar (varias vezes) o custo de ser membro.
Os membros do Clube Autosport receberão um cartão de membro com validade de 1 ano, que apresentarão junto das empresas parceiras como identificação.
Lista de Vantagens:
-Acesso a todos os conteúdos no site Autosport sem ter que ver a publicidade
-Oferta de um carro telecomandado da Shell Motorsport Collection (promoção de lançamento)
-Desconto nos combustíveis Shell
-Acesso a seguros especialmente desenvolvidos pela Vitorinos seguros a preços imbatíveis
-Descontos em oficinas, lojas e serviços auto
-Acesso exclusivo a eventos especialmente organizados para membros
Saiba mais AQUI
Subscribe
Notify of
4 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Cágado1
14 dias atrás

Bom, eu diria que a Ferrari, actual fornecedora de motores e teconologia, era capaz de não gostar muito de um acordo de branding, com a sua grande rival no WEC. Parece-me muito complicado.

Last edited 14 dias atrás by Cágado1
Patucho10
Patucho10
14 dias atrás

Era uma boa noticia a Toyota entrar também na F1. Mas a entrar tinha que fabricar os próprios motores, a partir de 2028 ou 2030.
Se acontecer a F1 passava a ter dos melhores anos da sua história, Ferrari, Mercedes, Honda, Audi, Red Bull /Ford ( Renault * ) e uma possível ( Andretti Cadilac ) só faltava a Porsche.

Bryan
Bryan
Reply to  Patucho10
14 dias atrás

A Porsche é do mesmo grupo da Audi, não faria grande sentido.

Patucho10
Patucho10
Reply to  Bryan
13 dias atrás

Só não está confirmada a Porsche para 2026 porque o Horner convenceu os maiores acionista da Red Bull a não aceitarem a venda de 51% da Red Bull.
A Porsche queria entrar, mas queria mandar, mas não chegaram a acordo!
Audi e Porsche tinham o aval da Volkswagen para entrar na F1, e também se ouviu uns rumores que a Volkswagen queria entrar como fabricante de motores para 2030.

últimas FÓRMULA 1
últimas Autosport
formula1
últimas Automais
formula1
Ativar notificações? Sim Não, obrigado