F1: Sinais de recuperação da Ferrari são falsos

Por a 13 Junho 2019 12:36

Além das interrogações sobre a validade ou não da manobra de Sebastian Vettel e tudo o que isso implica, falou-se também de uma possível recuperação da Ferrari.

Ora tal parece ser um cenário demasiado optimista. A Scuderia foi competitiva em Montreal, isso é um facto indiscutível, mas não recuperou ainda a desvantagem que tinha para a Mercedes. O que promoveu a subida de rendimento da Ferrari foi o traçado do Gilles Villeneuve.

O ponto forte da Ferrari este ano é a velocidade de ponta, graças a uma aerodinâmica pensada para a eficiência, ao invés do apoio mais pronunciado em curva, tirando assim partido da potência da sua unidade motriz. No Canadá tiveram o palco perfeito para usar esses pontos fortes.

A volta de qualificação de Sebastian Vettel é o exemplo disso. Comparando os mini-sectores do piloto da Scuderia e os de Lewis Hamilton, facilmente se entende que Vettel conseguiu vantagem nas rectas e que nas zonas sinuosas se limitou a “sobreviver” enquanto Hamilton ganhava vantagem.

Link do Vídeo AQUI

Portanto à primeira vista tudo se mantém na mesma forma e a Ferrari tem ainda de trabalhar muito. O próprio Mattia Binotto confirmou isso:

“Nós sabíamos que poderíamos estar perto dos Mercedes no Canadá. O quão perto? Acho que não tínhamos nenhuma ideia antes de chegarmos.

“O carro é exactamente o mesmo que tínhamos na Espanha, sem actualizações, por isso as fraquezas que tínhamos, mantêm-se. Precisamos trabalhar, ser mais competitivos e continuar a lutar”.

Há ainda muito trabalho pela frente para a Ferrari

12
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas F1
últimas Autosport
Lost your password? Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.