F1: Simone Resta regressa à Ferrari

Por a 17 Julho 2019 15:17

As dificuldades da Ferrari continuam e esperam-se mudanças na estrutura técnica em breve. Simone Resta irá deixar a Alfa Romeo e o cenário mais provável é o seu regresso à Ferrari.

Resta ingressou na Alfa no ano passado como responsável pelo departamento técnico. O plano da Scuderia foi dar-lhe alguma experiência fora da equipa para poder regressar e assumir outras funções.

A Alfa Romeo anunciou hoje a saída do italiano, não referindo por onde passa o futuro do agora ex-director. Também a Ferrari não se pronunciou sobre o assunto. Resta terá de cumprir o inevitável período de nojo de seis meses, o que o coloca fora da estrutura da equipa de F1 esta época.

Espera-se que ocupe um lugar de chefia na Ferrari, respondendo a Mattia Binotto. O cargo de director técnico que pertencia a Binotto nunca chegou a ser preenchido pelo que deverá ser provável que Resta assuma esse cargo, ou semelhante, de forma a libertar mais Binotto para outras tarefas.

Jan Monchaux, que era seu adjunto, é a escolha da Alfa para o lugar que agora fica vago. Monchaux já trabalhou também na Ferrari e na Toyota, tendo sido responsável pelo departamento de aerodinâmica da Audi no programa LMP1.

“Quero agradecer ao Simone pela sua contribuição para o crescimento da equipa e desejo-lhe tudo de bom para o seu futuro ”, disse Vasseur. “Quanto a Jan, estou muito feliz por ele assumir o cargo de director técnico. Ele fez um trabalho brilhante até agora e estou confiante de que ele será capaz de liderar nosso grupo técnico enquanto a equipa continua sua jornada”.

Monchaux acrescentou: “Os proprietários, a direcção e o director da equipa estão a enviar uma mensagem simples, mas forte, para toda a empresa – eles valorizam a continuidade e acreditam na equipa existente e no trabalho que temos feito. Cabe-nos agora provar que estão certos, mas estou convencido de que nosso futuro é brilhante ”.


6
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
garantia4
Membro
garantia4

Fábio, como é obvio vai regressar a Ferrari, vai ser o responsavel do projeto de 2021 como foi ja noticiado no início do mes, isto se contarmos com as fontes de informaçao q nao só as das ilhas britanica e suas colónias , caso deste canto. Foi uma ideia errada do Sergio Marchionne mandá-lo para a Alfa , a prioridade era a casa-mae. Para os + eskecidos ou os q diariamente levam um banho das doutrinas toto wolfes e c.ªs ele foi o projetista de umas 12 vitorias em 2 anos da Ferrari nesta era de domínio escandaloso e vergonhoso… Ler mais »

831ABO
Membro
831ABO

*10 vitórias do Vettel e 1 do Kimi.
E por favor modere a linguagem. Não é necessária, e torna a leitura dos seus comentários desagradável.

Zé Bellof
Membro
Zé Bellof

Com a ida de Resta para a Alfa Romeo, Marchionne quis dar um empurrão na equipa para não fazer muito má figura. O objectivo foi conquistado e a continuidade assegurada de competitividade, agora o regresso para dar aquele boost que falta na Ferrari.

chicanalysis
Membro
chicanalysis

Cá para mim, desde que não vá a Simone de Oliveira, tudo bem.

dumberdog
Membro
dumberdog

O mais lógico dado que foi ele quem chefiou o projecto do SF70H que conseguiu bater-se de igual para igual com os Mercedes. De qualquer modo acho que a Ferrari, quando tem uma gestão demasiado italiana, anda completamente aos papéis.

sir seb spins-a-lot
Membro
sir seb spins-a-lot

Só agora perceberam que tinham uma pessoa a menos?

últimas F1
últimas Autosport