/formula1/f1/f1-sebastian-vettel-sera-que-o-desporto-tem-uma-bussola-moral/
F1, Sebastian Vettel: “Será que o desporto tem uma bússola moral?” | AutoSport

F1, Sebastian Vettel: “Será que o desporto tem uma bússola moral?”

Por a 12 Outubro 2021 18:00

Sebastian Vettel tem sido uma das vozes mais ativas na F1, dando visibilidade a muitas causas ambientais, mas não só. O piloto da Aston Martin tem usado a sua notoriedade para passar mensagens que considera importantes.

Numa entrevista à The Race, Vettel falou da falta de “Bússola Moral” à F1, que continua a ir a lugares onde são necessários outros tipos de ações:

“Vamos a alguns desses lugares e estendemos um tapete vermelho com mensagens bonitas. Penso que é preciso mais do que apenas palavras, penso que é preciso acções, mas certamente, sinto que o nosso desporto poderia aplicar muita pressão e poderia ser de imensa ajuda para espalhar ainda mais justiça pelo globo”, disse o piloto de 34 anos. “Há também um enorme interesse financeiro, mas penso que em alguns pontos os responsáveis precisam de se colocar a si próprios a questão – será que o desporto tem uma bússola moral e, por conseguinte, pode dizer não a certas coisas, ou dizer simplesmente sim a qualquer coisa que esteja ao virar da esquina?”.

Além dessa mensagem, Vettel continua a agitar a bandeira da ecologia e gostaria de ver mais por parte da F1 para se tornar relevante e ajudar a melhorar o mundo, com inovações tecnológicas, caso contrário o desporto corre o risco de desaparecer:

“Penso que vivemos numa época em que temos inovações e possibilidades de tornar a Fórmula 1 verde também, e não perdemos nada do espetáculo, da excitação, da velocidade, do desafio, da paixão”, disse Vettel numa conferência de imprensa. “Se alguma coisa, temos tantas pessoas inteligentes e poder da engenharia que poderíamos encontrar soluções. Quanto aos regulamentos atuais, penso que são muito excitantes, o motor é super eficiente, mas é inútil. Então, pode argumentar-se, qual é a relevância? Penso que há certas coisas de que as pessoas estão a falar para o futuro do desporto em termos de regulamentos, que poderiam ser mudanças mais relevantes. E sinto que essas mudanças estão a chegar, o que é bom para a Fórmula 1, além de vital. Se essas mudanças não vierem, penso que a Fórmula 1 desaparecerá. E provavelmente com razão. Estamos numa fase em que sabemos que cometemos erros e não temos tempo para os continuar a cometer. Não sou especialista em combustíveis, mas sou mais adepto dos combustíveis sintéticos do que dos biocombustíveis. Com eles, é óbvio que é necessário obter o seu carbono de algum lado e penso que pode haver aí alguns problemas ou complicações”, explicou ele. “Penso que é definitivamente correcto que a Fórmula 1 procure uma forma de encontrar combustíveis renováveis ou uma fórmula para combustíveis sintéticos. Sinto que poderíamos usar os nossos recursos, refiro-me à inteligência que a Fórmula 1 tem, os recursos, as instalações e também o dinheiro que a Fórmula 1 tem para gastar”. Finalmente, quando lhe perguntaram se havia um conflito entre o seu pensamento ambiental e ser um piloto de F1, Vettel respondeu: “Claro, e penso que é válido porque a Fórmula 1 não é verde”.

Subscribe
Notify of
9 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Frenando_Afondo™
Frenando_Afondo™
5 dias atrás

Muito bem! Disse tudo. Que grande Gentlemanda F1 que este rapaz é. E sem indirectas na imprensa e choradinhos de coitadinho ou sobre supostas nacionalidades que são beneficiadas.

E ainda por cima consegue fazer dois pódios em P2 com um monolugar bem inferior. Grande.

*RPMS*™
*RPMS*™
Reply to  Frenando_Afondo™
5 dias atrás

Infelizmente acabas por prestar um mau serviço a Vettel e á importante mensagem que ele quis passar!
Essa tua obsessão infantil de quereres mandar indirectas ao Alonso por tudo e por nada, acaba por minimizar o que Vettel disse, e que tu nem prestaste atenção.
Mas também, a inteligência nunca foi o teu forte…

Cumprimentos

sr-dr-hhister
sr-dr-hhister
Reply to  *RPMS*™
5 dias atrás

Muito bem. Muito bem.

917/30
917/30
5 dias atrás

São declarações destas que me fazem gostar do Vettel 2021. A hipocrisia e falta de moral de quem manda na F1 com a treta do “we race as one” é chocante! Era suposto correr na China, temos GP’s na Rússia e na Arábia Saudita, houve ainda a questão da t-shirt LGBT do SV na Hungria. As palavras do alemão deviam ter um eco bem maior!

Last edited 5 dias atrás by 917/30
mindgamesracing
mindgamesracing
5 dias atrás

100% correto.
Voltando ao primeiro parágrafo, se a F1 se “ajoelhase” pelos “human rights ‘ a época tinha 15 GPs

anotheruser
anotheruser
5 dias atrás

Ainda haverá jornalistas e jornais a lembrar-se do Khashoggi…

… espero eu.

RedDevil
RedDevil
5 dias atrás

Já enjoa… Gosto de F1 para ver F1… se for para propaganda política… não, obrigado… Além disso… não diz “coisa com coisa”… Estes “fans” do ambiente têm vindo com o slogan do carbono (e é verdade que os carros eléctricos, durante o seu ciclo de vida, emitem menos carbono que os carros com motores térmicos) mas esquecem completamente que a emissão de poluente tóxicos para o meio ambiente é mais elevada nos EV’s… Criaram o mito do Carbono (na realidade é CO2, o qual é regenerado de forma rápida e limpa pela própria Natureza) e quando derem por sí, o… Ler mais »

sr-dr-hhister
sr-dr-hhister
Reply to  RedDevil
4 dias atrás

Você não pode andar por aí a dizer a verdade! Que atrevimento.

NOTEAM1
NOTEAM1
5 dias atrás

Muito bem Vettel!

últimas F1
últimas Autosport
f1