F1: Ross Brawn defende transparência na F1

Por a 11 Junho 2019 15:00

Ross Brawn falou do incidente do GP do Canadá. O director desportivo da F1 não referiu se concorda ou não com a penalização dada a Sebastian Vettel mas pediu respeito pelos comissários que tomam decisões por vezes difíceis:

“Não quero dar uma opinião sobre a decisão, porque na minha posição seria errado fazê-lo. Tenho muito respeito pelo trabalho dos comissários e pelo seu profissionalismo e acredito que eles seriam os primeiros a dizer que prefeririam não ver o resultado da corrida decidido por uma penalização.”

“Ao mesmo tempo, eu entendo o quão difícil deve ser para os fãs entenderem o motivo pelo qual piloto no degrau mais alto do pódio não cruzou a linha de meta em primeiro. É por isso que a transparência é importante quando se trata de explicar as decisões dos comissários, especialmente num desporto complexo como a Fórmula 1″, acrescentou.

“No futebol, onde apesar da chegada do VAR, ainda há discussão sobre se uma mão na bola deve ser punida com uma grande penalidade ou não. Portanto, pode ser útil trabalhar com a FIA em soluções que permitam aos comissários explicar as decisões aos fãs e elaborar como eles chegaram até eles.”

“Dito isto gostaria de acrescentar que não há nada de sinistro numa decisão como esta. Podemos concordar ou não, mas nenhum daqueles que assumem o papel de comissário a cada fim de semana tem uma agenda oculta e os fãs podem ter certeza disso. ”

18
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas Destaque Homepage
últimas Autosport
Lost your password? Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.