F1, Rosberg: “Vettel é mais dedicado que Hamilton”

Por a 10 Janeiro 2019 12:32

Numa entrevista à Autosprint, Nico Rosberg, campeão em 2016, falou das diferenças entre Sebastian Vettel e Lewis Hamilton.

O alemão elogiou o seu compatriota, ele que conhece bem Hamilton com quem lutou pelos títulos de 2014, 2015 e 2016:

“Vettel é superior em termos de dedicação ao trabalho; Ele trabalha em estreita colaboração com os engenheiros. É uma devoção que Hamilton não possui. Não sei exatamente o que aconteceu com ele [Vettel] mas isso faz parte do desporto, às vezes parece que tudo corre bem, mas basta um erro para perder a confiança e tudo passa a correr mal. A mesma coisa aconteceu comigo contra o Hamilton em 2015. Com o Lewis, eu precisava mudar minha atitude, decidi que tinha que ser eu a liderar o jogo. O Lewis sempre tende a impor suas regras, mas eu assumi o controlo para não permitir que ele encontrasse a motivação. E eu ganhei.”

Estas declarações não deixam de ser um pouco surpreendentes, pois surgem algumas semanas após a dedicação e o trabalho de Hamilton terem sido elogiados. O piloto britânico fez até um pedido aos membros da equipa para lhe indicarem onde ele deve melhorar para poder focar-se nesses pontos mais fracos. Hamilton admitiu que 2018 foi o seu título mais duro, mas que esta época lhe permitiu crescer e ficou no ar a ideia de que um dos pontos em que mudou foi mesmo a forma como se passou a relacionar com a equipa. Foram raras as críticas à equipa e ao carro na época passada. Na fase de menor fulgor da Mercedes o discurso foi sempre de trabalho e otimismo não se vendo tanto a faceta “queixinhas” do britânico.

Mas olhando para a postura de ambos, Vettel parece ter a mentalidade certa e uma ética de trabalho a toda a prova. Ou pelo menos mais visível. Agora qual dos dois é mais dedicado… Rosberg está numa posição privilegiada para fazer esse tipo de avaliação.

Rosberg avisou também que Vettel terá de ter cuidado com Charles Leclerc e que terá de ser perfeito para vencer, pois agora deixou de ter o conforto que tinha com Raikkonen. Vettel terá uma tarefa dura pela frente: afastar os fantasmas do passado, melhorar como piloto, enfrentar um Hamilton que a cada época surge mais forte, numa equipa que passa por mais uma mudança nas chefias (embora esta pareça ser mais pacifica), enfrentando um colega de equipa sedento de vitórias e com a ambição típica de um jovem. 2019 será provavelmente um dos maiores desafios de Vettel dos últimos tempos. Os verdadeiros campeões destacam-se nessas fases.

 

6
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas F1
últimas Autosport
Lost your password? Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.