/formula1/f1/f1-red-bull-teve-conversacoes-para-um-regresso-de-sebastian-vettel/
F1: Red Bull teve conversações para um regresso de Sebastian Vettel | AutoSport

F1: Red Bull teve conversações para um regresso de Sebastian Vettel

Por a 2 Agosto 2022 11:15

Christian Horner, chefe de equipa da Red Bull, disse que havia algumas pessoas que preferiam trazer Sebastian Vettel de volta ao invés de assinar com Sergio Pérez.

Vettel desfrutou do período de maior sucesso na sua carreira com a Red Bull, ganhando quatro campeonatos de pilotos consecutivos entre 2010 e 2013. O piloto germânico termina agora a sua carreira na Fórmula 1 aos 35 anos, depois de ter passado ainda pela Ferrari e pela Aston Martin.

Sergio Pérez assinou com a equipa no final de 2020, mas Horner foi questionado pelo Channel 4 se a Red Bull fez esforços para voltar a assinar Vettel como uma alternativa a Pérez, para fazer par com a atual estrela da casa, Max Verstappen. Christian Horner admitiu que houve algumas discussões, mas comparou a situação com o regresso a uma ex-namorada, pelo que o reencontro nunca teria o mesmo sentimento que antes.

“Tivemos algumas conversas exploratórias”, revelou Horner. “Mas seria um pouco como voltar para uma antiga namorada, provavelmente nunca seria o mesmo na segunda vez. O que conseguimos juntos foi notável. Foi uma coisa fenomenal, que fará sempre parte da nossa história e estamos tremendamente orgulhosos de o ter tido como parte da nossa equipa”, acrescenta o britânico da Red Bull.

Horner disse não saber das intenções de Vettel se reformar no final de 2022 antes de anunciar a sua decisão, embora acredite que seja a decisão certa.

“Julgo que ninguém sabia [que o Vettel se ia retirar], eu vi-o quando ele deixou o paddock em Paul Ricard e tinha sido obviamente um dia frustrante para ele. Acho que é a decisão certa para ele, não é bom vê-lo a correr meio do pelotão, não acredito que ele esteja a ter qualquer satisfação com isso, é a altura certa para fechar a cortina do que é uma carreira espantosa”, concluiu Horner.

Entretanto, a Aston Martin já assinou com Fernando Alonso para substituir o tetracampeão do mundo, a partir de 2023.

Por Eduardo Moreira

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
últimas Autosport Exclusivo
últimas Autosport
autosport-exclusivo