F1: Potencial da McLaren mascarado pelo azar

Por a 11 Junho 2019 17:30

A McLaren não teve a sorte do seu lado no Canadá. A corrida de Carlos Sainz ficou comprometida quando uma protecção da viseira de um adversário se alojou na entrada de ar dos travões, que começaram a sobreaquecer, o que levou a uma entrada precoce do piloto espanhol nas boxes.

Também Lando Norris teve problemas e foi obrigado a abandonar a corrida mais cedo com o colapso da suspensão traseira, talvez devido ao excesso de calor criado pelos travões traseiros que também sobreaqueceram no monolugar do britânico.

Sainz considera que a equipa não foi capaz de mostrar todo o seu potencial:

“Fim de semana decepcionante”, disse Sainz. “Fui forçado a entrar nas boxes muito cedo, logo na terceira volta por causa de um “tear-off” que ficou preso numa entrada de ar dos travões. Tivemos que parar imediatamente para o remover, já que causou sobreaquecimento excessivo, e trocamos para os pneus duros.

“Tivemos bom ritmo, mas 67 voltas foram demais para os pneus, e nem a gestão extra foi suficiente para nos manter a luta por pontos. Não pudemos mostrar o nosso verdadeiro ritmo hoje, o que eu acho que era suficiente para terminar nos pontos, se não fosse por aquele pit-stop antecipado”.

5
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
MLS
Membro
MLS

Bom ver McLaren a recuperar.

Carlitos 01
Membro
Carlitos 01

McLaren 🙂

tnfsfcpgmail-com
Membro
tnfsfcpgmail-com

Incompetentes…

obernardo93
Membro
obernardo93

incompetentes quando tiverem problemas devido a fatores externos? esse ódio pela McLaren já cansa

kiotto_9
Membro
kiotto_9

Quem? Tu?
Já mudavam a regra do plástico das viseiras, os pilotos não devia tirar para o circuito, mas sim guardar dentro do carro.
Não foi a primeira vez nem há-de ser a ultima vez que essas plásticos provocam estragos.

últimas F1
últimas Autosport