F1: Pirelli não concorda com a Racing Point

Por a 9 Janeiro 2020 18:15

Depois do responsável pela Racing Point, Otmar Szafnauer, ter admitido que receia que os novos regulamentos tornem os carros demasiado lentos, a Pirelli não se mostrou preocupada.

Mario Isola, responsável pela fornecedora de pneus da F1, não concordou com as afirmações de Szafnauer, admitindo no entanto que os novos carros serão mais lentos:

“Eu discordo disso porque os carros atuais de Fórmula 1 são de 10 a 12 segundos, mais rápidos que os carros de Fórmula 2”, disse ele ao RaceFans.

“Os regulamentos não foram projetados para ter carros mais rápidos “, disse ele. “Essa era a meta em 2017, não é a meta para 2021. A meta é completamente diferente, é ter carros capazes de competir com mais ultrapassagens, mais ação em pista e menos efeito aerodinâmico quando se segue outro carro. Todos esses são aspectos positivos para a Fórmula 1.”

“Provavelmente, os carros serão mais lentos por várias razões: Menos apoio aerodinâmico e carros mais pesados ​​- o plano é ter carros mais pesados ​​que os atuais e o peso afeta o tempo da volta. Não serão , com certeza, mais lentos que os Fórmula 2. Se um carro de Fórmula 1 em 2021 for dois ou três segundos mais lento que o atual e tivermos um espetáculo muito melhor, quem se importa? ”

Os carros de F1 mudarão para as rodas de 18 polegadas em 2021, enquanto a F2 introduzirá as rodas maiores este ano. Isola disse que “não espera diferença no tempo por volta para os carros de Fórmula 2”.

Deixe aqui o seu comentário

últimas F1
últimas Autosport