F1: Permanência da McLaren nunca esteve em causa

Por a 30 Junho 2020 16:30

A permanência da McLaren na F1 nunca esteve em causa apesar da crise financeira que atingiu o grupo.

A marca britânica teve de recorrer a um empréstimo para poder ter liquidez suficiente para continuar a trabalhar de forma regular. Apesar deste episódio e do cenário de insolvência ter sido colocado em cima da mesa, Andreas Seidl nunca teve receio que esse problema afetasse a equipa de F1:

“Como é óbvio, eu e Zak [Brown] tínhamos conhecimento igual do que realmente estava a acontecer e não corríamos o risco de não poder continuar”, disse Seidl numa videoconferência com media selecionada.

“Portanto, nunca houve dúvida de que a McLaren não estaria no grid no próximo ano. Estou em permanente troca de informação com o Zak, que me mantém atualizado do que está a acontecer no lado financeiro. No final, tratava-se de encontrar a melhor opção em termos de financiamento para superar esta crise agora e garantir que estamos na melhor posição após essa crise. Era apenas uma questão de tempo “.

Seidl disse que a assinatura do empréstimo bancário no Bahrein é, portanto, extremamente bem-vinda, permitindo finalmente que a equipa se concentre em sua atividade principal:

“Acho que é um impulso extra, uma motivação extra para todos nós na equipa agora”, disse ele. “Podemos concentrar-nos de novo no que mais gostamos de fazer e no que fazemos melhor: desenvolver um bom carro de corrida, produzir um bom carro de corrida e colocá-lo na pista”.

“Os desafios financeiros que enfrentamos, e também as medidas que adotamos desde o início, com os cortes nos salários, com a colocação de funcionários de licença, não afeta o nosso desenvolvimento este ano ou no próximo ano “, explicou.

“Então, estamos no caminho que estabelecemos para o inverno. Planeamos atualizar regularmente a partir da Áustria o carro e, ao mesmo tempo, estamos a trabalhar para deixar o carro do próximo ano pronto, com o maior foco a ser obviamente a integração da unidade motriz da Mercedes. “

Apesar da presença da equipa ser uma garantia os projetos planeados como o novo tunel de vento e o novo simulador terão de esperar mais um pouco:

“Sem saber exatamente como será a receita durante este ano, teremos de ser cautelosos.

“Nós simplesmente temos que esperar até que tenhamos a luz verde. Como pode imaginar, estou a fazer tudo para colocar essas diferentes medidas de infraestrutura em prática novamente o mais rápido possível. Todos sabemos que isso também será fundamental na nossa jornada de volta à frente na F1, porque simplesmente temos um défice nesses aspetos em comparação com as principais equipas”.

4
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
Frenando_Afondo™
Membro
Frenando_Afondo™

Segundo o fórum a Mclaren ia abandonar já ontem.

filano
Membro
filano

Más línguas nunca dão boas noticias…
ahahahahaahh Já reparaste???

Pity
Membro
Pity

Com os maiores accionistas a serem homens do petróleo do Bahrein, acham mesmo que a McLaren iria acabar?

*RPMS*
Membro
*RPMS*

Prezada forista, folgo em “vê-la” de volta por aqui! Espero que esteja tudo bem.

Cumprimentos

últimas F1
últimas Autosport
Lost your password? Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.