F1: Pai de Latifi ‘aponta’ à Williams em 2020

Por a 8 Junho 2019 13:01

O pai de Nicholas Latifi, Michael Latifi, um bilionário e co-proprietário da McLaren, disse ao Le Journal de Montreal que o seu filho quer um lugar na grelha em 2020 e aponta a Williams como o alvo. O líder do campeonato de Fórmula 2, realizou este fim de semana a primeira sessão de treinos livres com a Williams, e muitos já dizem que será seu o atual lugar de Robert Kubica: “A Williams é uma boa opção para o Nicholas”, disse Michael Latifi: “É uma equipa familiar, com um bom historial no desenvolvimento de jovens pilotos, incluindo Jacques Villeneuve e Valtteri Bottas”, disse. Latifi precisa de terminar entre os cinco primeiros da F2 em 2019 para obter a Super Licença de F1 e Michael Latifi diz que: “No final do verão, saberemos onde ele está. O objetivo é conseguir um lugar a tempo inteiro na F1, mas não há garantias. Quanto melhor estiver na F2, melhor se podem abrir portas na F1. Alguns pilotos estão em perigo, incluindo Robert Kubica e Antonio Giovinazzi”, acrescentou Michael Latifi, que assegura nada ter a ver a sua participação na McLaren, com um possível lugar para o filho: “Não há discussões sobre isso. Na McLaren temos dois bons jovens pilotos e estamos muito felizes com eles. O meu envolvimento na McLaren nunca esteve ligado à perspetiva de oferecer emprego ao meu filho”, disse Latifi.

1
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
Pity
Membro
Pity

Julgava que a a McLaren, depois da saída de Ron Dennis, pertencia na totalidade aos árabes.

últimas F1
últimas Autosport