F1, Mario Isola (Pirelli): “’Campo’ absolutamente nivelado”

Por a 2 Julho 2020 14:41

A Fórmula 1 vai arrancar na Áustria e a Pirelli levou exatamente os mesmos compostos da época passada para o Red Bull Ring, C2, C3 e C4, precisamente os três compostos do ‘meio, dos cinco da Pirelli. Ficaram de fora o C1, o mais duro e o C5, o mais macio de todos.
Aos pilotos será atribuída a mesma quantidade de pneus, dois conjuntos de pneus duros, três conjuntos de médios, e oito conjuntos de macios para este fim-de-semana de corrida. O Chefe da Pirelli na F1 e Motorsport, Mario Isola espera um “campo nivelado”: “Após uma longa pausa forçada, estamos entusiasmados por finalmente voltar à competição! O Grande Prémio da Áustria deste ano terá um aspeto diferente, sem espetadores e com medidas especiais contra a Covid-19, mas na realidade já estávamos a implementar alguns destes procedimentos no Grande Prémio da Austrália, pelo que operacionalmente temos alguma experiência anterior destas circunstâncias invulgares. Os pneus são exatamente os mesmos do ano passado, pelo que provavelmente o maior elemento variável será a ‘ferrugem’ que as equipas e os pilotos poderão ter acumulado após um período de paragem tão longo. Para voltar ao ritmo, algumas equipas rodaram recentemente com carros antigos (ndr, regulamento obriga a dois anos) em testes privados ou tiveram dias de filmagens com os carros atuais. Em ambos os casos, rodam com pneus especiais que estão muito longe das especificações da corrida, pelo que todos recomeçam este fim-de-semana num ‘campo de jogo’ absolutamente nivelado”, disse Mario Isola.

Deixe aqui o seu comentário

últimas F1
últimas Autosport