/formula1/f1/f1-magnussen-mais-combustivel-nao-garante-corridas-a-fundo/
F1, Magnussen: Mais combustível não garante corridas “a fundo” | AutoSport

F1, Magnussen: Mais combustível não garante corridas “a fundo”

Por a 23 Abril 2018 16:39

Kevin Magnussen, piloto da Haas, afirmou estar contente com a introdução do novo limite máximo de combustível que irá passar para 110Kg, mais 5 que o limite actual. A medida pretende eliminar os períodos de gestão de combustível em certas pistas, o que faz os pilotos levantarem o pé. Magnussen defende no entanto que em algumas pistas será necessário continuar a gerir o combustível:

“Vai ajudar com certeza. Mas não é garantido que possamos fazer as corridas  a fundo, pelo menos em algumas pistas. Em alguns traçados deveremos levar menos de 110Kg pois não precisamos da totalidade.  Mas noutras pistas teremos de continuar a levantar um pouco o pé . É muito bom ver a introdução desta regra. Vai  permitir que possamos dar o máximo e não termos restrições ao nível do combustível. No entanto vamos ter ainda de gerir pneus.”

A questão da gestão estará sempre presente nas corridas. Já noutras eras algumas equipas colocavam menos combustível, para ganhar tempo em pista (mais combustível é igual a mais peso) contando com incidentes de corrida para poupar e assim chegar a fim. Na era actual a poupança de combustível foi levada a um nível extremo logo no início, na busca da maior eficiência possível, uma tarefa que se revelou demasiado complexa para um tão curto espaço de tempo. Com esta medida a questão do combustível deixará de ser problemática, mas continuaremos a ter gestão de pneus, de travões,  entre outros, que poderão obrigar os pilotos a levantar o pé. É uma boa medida mas poderá não ser a solução que os fãs pretendem. Mas é bom ver que há agora mais flexibilidade para mudar certos parâmetros, ao contrário do início desta era onde houve alguma intransigência.

Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Infelizmente o Autosport não pode continuar a disponibilizar os seus artigos gratuitamente.
Já não é viável ter uma equipa de jornalistas profissionais sem que possamos vender o produto do nosso trabalho.
Tal como os jornais e revistas são pagos, também os conteúdos editoriais digitais terão que ser pagos.
Por favor subscreva o Autosport Exclusivo e ajude-nos a manter esta máquina em andamento!
São apenas 2€ por mês, subscreva agora AQUI
Subscribe
Notify of
2 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Infelizmente o Autosport não pode continuar a disponibilizar os seus artigos gratuitamente.
Já não é viável ter uma equipa de jornalistas profissionais sem que possamos vender o produto do nosso trabalho.
Tal como os jornais e revistas são pagos, também os conteúdos editoriais digitais terão que ser pagos.
Por favor subscreva o Autosport Exclusivo e ajude-nos a manter esta máquina em andamento!
São apenas 2€ por mês, subscreva agora AQUI
últimas F1
últimas Autosport
f1