/formula1/f1/f1-haas-impos-regras-para-evitar-problemas-entre-pilotos/
F1: Haas impôs regras para evitar problemas entre pilotos | AutoSport

F1: Haas impôs regras para evitar problemas entre pilotos

Por a 25 Abril 2018 17:40

As lutas entre colegas de equipa são sempre muito renhidas e nenhum piloto gosta de ficar a perder contra o seu vizinho pois é o único no grid que tem uma máquina semelhante e por isso o único ponto de referência credível à primeira vista. A Haas tem dois pilotos muito aguerridos e com vontade de mostrar serviço. Magnussen tem estado em exclente forma enquanto Grosjean tem penado nas primeiras provas. A convivência de ambos em pista nem sempre é pacifica mas a equipa colocou uma serie de regras para evitar que os problemas tomem proporções de dimensão incontrolável:

“Não é uma fácil  gerir o ímpeto dos pilotos”, disse Guenther  Steiner. “Às vezes precisamos controlar emoções, mas acho que temos um conjunto de regras básicas entre os dois pilotos que pode ajudar. Eles estão a competir por lugares mais altos e por isso a luta torna-se mais óbvia. Temos agora capacidade para ter dois carros constantemente nos pontos e foi a única coisa que mudou em relação ao passado. Antes, havia mais altos e baixos e nem sempre estávamos na disputa para o top 10, mas o VF-18 é um carro sólido que nos permite competir sempre por pontos.”

A subida de forma da Haas tem sido uma das boas surpresas do ano e a equipa tem noção que estão agora numa posição muito melhor do que no mesmo período do ano passado. É a melhor fase da equipa desde que chegou à F1, nem tanto pelos resultado mas pelo potencial e andamento demonstrados.

“Mostramos nas três primeiras corridas que podemos ser competitivos, e estamos muito confiantes de que podemos estar em Baku na luta pelos primeiros lugares do meio da tabela. Os Três Grandes, como nós dizemos, estão na sua própria liga, mas há um grupo de equipas atrás deles que são muito fortes, e nos estamos nessa luta. É um campeonato muito interessante. Ainda não fomos melhores desse grupo devido as circunstâncias muito especificas, algumas das quais foram auto-infligidas, como a Austrália, mas tenho certeza de que esse momento virá.”

Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Infelizmente o Autosport não pode continuar a disponibilizar os seus artigos gratuitamente.
Já não é viável ter uma equipa de jornalistas profissionais sem que possamos vender o produto do nosso trabalho.
Tal como os jornais e revistas são pagos, também os conteúdos editoriais digitais terão que ser pagos.
Por favor subscreva o Autosport Exclusivo e ajude-nos a manter esta máquina em andamento!
São apenas 2€ por mês, subscreva agora AQUI
Subscribe
Notify of
4 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Infelizmente o Autosport não pode continuar a disponibilizar os seus artigos gratuitamente.
Já não é viável ter uma equipa de jornalistas profissionais sem que possamos vender o produto do nosso trabalho.
Tal como os jornais e revistas são pagos, também os conteúdos editoriais digitais terão que ser pagos.
Por favor subscreva o Autosport Exclusivo e ajude-nos a manter esta máquina em andamento!
São apenas 2€ por mês, subscreva agora AQUI
últimas F1
últimas Autosport
f1