F1: Guenther Steiner gostaria de ver um teto orçamental ainda mais reduzido

Por a 8 Novembro 2019 15:15

O chefe de equipa da Haas, Guenther Steiner, considera que o teto orçamental da Fórmula 1 devia ser, no máximo, 125 milhões de dólares, ou seja, cerca de 50 milhões de dólares abaixo do acordado de 175 milhões de dólares.

A maioria das equipas de Fórmula 1 já opera com um orçamento anual muito inferior a 175 milhões de dólares e Steiner acredita que um limite mais baixo facilitaria as mudanças fundamentais:

“Devíamos ter um teto orçamental mais baixo. Só assim se mostra o quão eficientes podemos ser. Se, por exemplo, tivermos só um fornecedor de combustíveis, aí poupamos e depois podemos investir esse dinheiro em outras coisas.”

“Foram precisos 20 anos para chegar a esta despesa e a esta grande organização, pelo que não se pode dizer que em 12 meses se tenha de a reduzir para metade. É só por um período de tempo.”

“Eu gostaria de algo entre $100m e $120m, máximo $125m. Muitas equipas estão a esse nível. Aí poderias ter uma Fórmula 1 mais equilibrada.”

2
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
jo22101626
Membro
jo22101626

Daqui a pouco estão a pedir 30 mil euros de teto e cada um compra o seu clio

can-am
Membro
can-am

Ou é tótó ou imita bem.Coitado não sabe que isso dos tetos é apenas areia para os olhos como foi no passado e será sempre assim.São tectos falsos por assim dizer, com amplas arrecadações por cima, vamos dizer!Há muita maneira de “ganhar espaço”! E o tótó Steiner sabe bem disso, até pelos patrões dele, que lhe devem ter encomendado o bitaite!

últimas F1
últimas Autosport