F1: George Russell quer ser mais agressivo este ano

Por a 25 Março 2020 11:30

George Russell passou a época 2019 no fim da grelha, a lutar contra o seu colega de equipa. Para 2020, o britânico quer ser mais agressivo e lutar com mais adversários.

Não foi um ano fácil para o Russell. Ser estreante na F1 é um desafio, mais ainda numa equipa com as dificuldades que a Williams tem enfrentado. Apesar de alguns apontamentos interessantes, Russel não mostrou ainda tudo o que pode fazer em pista, o que está determinado a fazer em 2020:

“Definitivamente vou tentar ser mais forte ”, disse Russell ao Autosport.com. “É uma área em que definitivamente não fiz um trabalho bom o suficiente no ano passado. Mas foi uma situação estranha. Os carros à frente simplesmente desapareciam e eu apenas corria com o Robert [Kubica]. Era meu primeiro ano e não queria correr riscos desnecessários a esse respeito.”

“Mas este ano, tenho de abrir um pouco mais os braços e ser mais agressivo, porque não posso ficar para trás.”

Quanto a metas específicas, Russell não se empolga demais com o que pretende na segunda temporada com a equipa.

“Acho que um ótimo resultado seria bater outro carro, considerando onde estávamos no ano passado”, acrescentou. “Mas esse não é exatamente o objetivo. Nós não vamos lá para tentar conseguir isso, vamos tentar tirar o máximo proveito do nosso carro. Seja no P19 ou a conseguir subir à Q3. “

2
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas F1
últimas Autosport
Lost your password? Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.
Nós não partilhamos os seus dados pessoais com ninguém.