F1 considera reduzir o teto orçamental de 2021

Por a 25 Março 2020 12:29

No contexto que atualmente se vive e que todos concordam, vai deixar marcas na economia, os responsáveis da Fórmula 1 têm agora um excelente pretexto para reduzir ainda mais o teto orçamental previsto para 2021.
Com as novas regras da Fórmula 1 – os novos carros – adiadas para 2022 a única que se manteve foi mesmo a imposição do teto orçamental e na verdade esta é uma “oportunidade histórica” para a F1 cortar drasticamente os custos.
Quem o diz é o ex-piloto Christian Danner, revelando que o diretor executivo da F1, Chase Carey, e o presidente da FIA, Jean Todt, estão a trabalhar para reduzir o limite de 175 milhões de dólares previsto para 2021: “É uma oportunidade histórica”, disse Danner, recordando o antigo limite de 40 milhões de euros que o antigo presidente da FIA, Max Mosley tentou impor.
Contudo, como se percebe, esse valor é algo quase completamente impossível de suceder, a não ser, claro, que a crise que aí vem o obrigue. Se for necessário ajustar todo o desporto automóvel à nova realidade, não haverá outro remédio…

Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas F1
últimas Autosport
Lost your password? Please enter your username or email address. You will receive a link to create a new password via email.
Nós não partilhamos os seus dados pessoais com ninguém.