F1: Brown falou sobre as “equipas B”

Por a 8 Janeiro 2019 17:51

Tem sido um fenómeno cada vez mais frequente na F1. O surgimento das equipas B tem permitido crescimentos significativos por parte da Haas, Sauber, sem contar com a Toro Rosso. Este é o lado positivo, mas há sempre o reverso da medalha e é sobre isso que Zak Brown falou recentemente.

O dirigente da McLaren não tem gostado de ver a forma como este fenómeno tem surgido, dando vantagens a nível técnico e político às equipas principais. E claro, quem fica a perder são as equipas como a McLaren, Williams, Racing Point. Do lado técnico, o fornecimento de soluções às equipas B permite também que as equipas maiores tenham o dobro dos dados sobre a eficiência de alguns componentes. Basta pensar na Red Bull que em 2018 teve debaixo da mesma estrutura, motores Renault e Honda. A equipa tomou uma decisão com dados que não teria, caso não tivesse uma equipa B. A Haas dificilmente teria apresentado a competitividade do ano passado se não fosse pela parceria com a Ferrari, tal como a Sauber embora neste caso a própria equipa já tivesse “matéria prima” para chegar onde chegou. E para além das vantagens ao nível técnico há as vantagens a nível político. Será muito difícil ver uma das equipas B ter um voto diferente da equipa “principal” nas decisões a serem tomadas em conjunto com outras equipas.

Brown quer que este assunto seja analisado pela Liberty e que sejam tomadas medidas, apesar de reconhecer mérito à Haas, exemplo que usou:

“Acho que a Haas fez um excelente trabalho, tendo em vista seus recursos e o vendo a  juventude da equipa. Temos de admirar o que eles fizeram. A Liberty vai abordar o modelo de negócios das equipas B, porque eu acho que isso permite que as grandes equipas fiquem beneficiadas. Os benefícios vão desde as actividades técnicas,  políticas, e até vimos na pista este ano, coisas que algumas  pessoas acreditam que eram questionáveis. Eu acho que todos esses três cenários vão contra o que é a Fórmula 1  e têm de mudar, pelo bem do desporto.”

“A Liberty tem um  plano, para abordar equipas B e em que medida se pode ser uma equipa B. Acreditamos que uma equipa B nunca será capaz de competir com  a equipa “principal” e, portanto, talvez esse modelo, a curto prazo, possa torná-lo mais competitivo e ser fiscalmente melhor. Mas  acho que assim se desiste de qualquer esperança de competir pelo campeonato. Portanto usar este modelo é o equivalente a desistir da luta pelo título. Achamos que é fundamental que a Liberty, no novo mundo da Fórmula 1, lide com isso para que todas as equipas possam ter uma chance justa e igual de competir pelo campeonato.

A afirmação de que as equipas estão a desistir da luta pelo campeonato, pode descredibilizar o discurso. É certo que uma equipa B nunca poderá desafia a equipa “principal”, mas também se as equipas aceitam esse modelo é porque sabem que a médio prazo nunca poderão ter as condições para gastar milhões como fazem a Mercedes e a Ferrari para lutar pelo título, pelo menos da forma como estão as coisas actualmente. No fundo, a solução das equipas B permite crescimentos mais rápidos, quer tecnicamente, quer a nível competitivo. Mas claro que isso levanta suspeitas: até que ponto as equipas que recebem apoio vão facilitar a vida às equipas grandes em pista? Até que ponto as equipas que recebem apoio são capazes de votar numa medida, mesmo que as prejudique, tudo para manter um acordo e agradas as equipas grandes? As equipas B não são o maior problema da F1 na actualidade, mas podem tornar-se nisso se não forem tomadas medidas. É preciso entender as repercussões do modelo, e entender o porquê das equipas o usarem. É preciso perceber se este modelo pode ser usado sem prejudicar o campeonato e as equipas que não o usam, ou se simplesmente quer dizer que a ideia de equipas cliente começa a fazer sentido e que pode ser adoptado. Se a F1 está numa fase de mudança deve aproveitar para limar também esta aresta.

Brown quer a Liberty a encontrar soluções

Visualizou de 4 artigos abertos

O AutoSport limitou a 4, o número de artigos
que poderá ler sem fazer login
Para continuar a ler livremente
os artigos AutoSport,
por favor faça login aqui
Caso não esteja ainda registado,
faça agora aqui o seu
registo gratuito
  • Não é possível alterar o nome de utilizador.

    7
    Deixe um comentário

    Please Login to comment
    6 Comment threads
    1 Thread replies
    5 Followers
     
    Most reacted comment
    Hottest comment thread
    5 Comment authors
    Tiago AlmeidaSpeedwayPaulo TeixeiraScbMário AJP Recent comment authors
      Subscribe  
    Notify of
    old-player
    Membro
    old-player

    Um campeonato só para equipas B?

    mario
    Membro
    mario

    Já existe um campeonato cheio de equipas B, C e D. Chama-se DTM. E é uma farsa.

    Scb
    Membro
    Scb

    Tecto orçamental, melhor distribuição dos dividendos, maior competitividade.
    Ou então fosso cada vez maior entre os pelotões

    old-player
    Membro
    old-player

    A tendência é para haver equipas A (fabrica) e equipas N (garagistas). Estas últimas para sobreviver vão sendo equipas B, é preciso mais equipas de fabrica

    old-player
    Membro
    old-player

    Ou fabricantes de motores independentes.

    can-am
    Membro
    can-am

    O problema da F1 é que está prisioneira dos grandes construtores,nomeadamente de 2, Mercedes e Fiat/Ferrari.
    Estes 2 têm a faca e o queijo na mão, o que é péssimo sob todos os sentidos. “Fazem” os regulamentos e”obrigam” as coisas sempre a correrem de acordo com os seus (deles) interesses.
    O resto é areia para os olhos.Este sr é um mero funcionário bem comportado desse “sistema”.

    Bibókimi
    Membro
    Bibókimi

    Este gajo devia era de ter vergonha. É o líder da segunda equipa em termos de historial e comporta-se como dirigente daquelas equipas pequenas que se queixam de tudo e todos . Comparar a McLaren com a Haas , Sauber, Toro rosso. O Bruce McLaren deve estar às voltas no túmulo. Que se dedique então á fórmula Indy e deixe de manchar o nome da McLaren na F1.

    últimas F1
    últimas Autosport
    AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/motosport.png