F1: Alex Albon confirmado em 2020 na Red Bull

Por a 12 Novembro 2019 10:06

A Red Bull acabou de confirmar que Alex Albon irá manter o lugar na equipa em 2020.

É uma decisão natural, tendo em conta as prestações do jovem tailandês e o potencial que tem evidenciado nesta que é a sua primeira época na F1. Albon foi “repescado” pela Red Bull, que se viu sem soluções internas para os lugares na Toro Rosso, tendo ido buscar também Daniil Kvyat. Albon tinha tudo preparado para começar a competir na Fórmula E mas a F1 falou mais alto. Albon começou a dar nas vistas (ele que nunca se tinha sentado num F1) enquanto Pierre Gasly desiludia. A troca acabou por acontecer a meio da época e desde então, Albon tem justificado a aposta.

“O Alex teve um desempenho extremamente bom desde sua estreia na equipa, na Bélgica, e os seus resultados – sete fins entre os seis primeiros – falam por si. É extremamente difícil negar este nível de consistência e, em conjunto com a crescente reputação de piloto tenaz e ferozmente comprometido, Alex provou que merece continuar o seu progresso na Aston Martin Red Bull Racing. Ainda há muito potencial para desbloquear e estamos ansiosos para ver Alex ao lado de Max em 2020″ afirmou o chefe da equipa, Christian Horner.

“Estou realmente empolgado por continuar a parceria com Max no próximo ano e sei como tenho sorte em ter essa oportunidade. Estou muito agradecido pela Red Bull ter confiado em mim e acreditado nos meus resultados desde que entrei para a equipa, e por eles me manterem no carro no próximo ano. Este ano foi incrível para mim e receber a chamada para a Red Bull a meio da temporada já foi um grande passo, então agora vou usar a aprendizagem desta temporada e usar a experiência para melhorar e lutar na frente em 2020″ concluiu Alex Albon.

6
Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
Pity
Membro
Pity

Ao estilo Red Bull / Helmut Marko, está garantido… nas primeiras seis a oito provas, depois se verá 🙂

MiguelCosta
Membro
MiguelCosta

Merece, aquilo que fez em poucas corridas é mais meritório do que o Gasly e o Kvyat fizeram, tendo em conta que leva menos de um ano de F1. Mas o mais importante é a revelação de que afinal quem decide acerca dos pilotos da RB não percebe nada disto, porque de descartado e que não servia para piloto de F1, porque lhe faltava “algo”, provou o contrário. A Red Bull fica numa situação muito delicada se o Max resolve não renovar o contrato no fim do próximo ano.

ptucptuc
Membro
ptucptuc

Albon com assento assegurado para 2020, mas desde que mostre andamento para andar com os primeiros e que não cause problemas ao Max. Se assim não for, será apenas mais um com guia de marcha e a não completar uma temporada na equipa.

831ABO
Membro
831ABO

Eu fico perplexo quando leio comentários relativos aos pilotos da Red Bull e artigos onde se fala de «trituradores de carreiras» e parvoíces semelhantes. Será o ressentimento por o DAC não ter sido contratado tão forte que justifique um ódio eterno à Red Bull e a Helmut Marko? Imaginem a Fórmula 1 com todos os pilotos que a Red Bull formou, mas não fez subir à categoria principal ou não os manteve lá: Enrique Bernoldi, Karun Chandhok, Vitantonio Liuzzi, Lewis Williamson, Michael Ammermuller, Scott Speed, Sébastien Buemi, Jaime Alguersuari, Dan Ticktum, Alex Lynn, Filipe Albuquerque, António Félix da Costa –… Ler mais »

Pity
Membro
Pity

Pela parte que me toca, nada tem a ver com o AFC, que está bem e recomenda-se. Mas pode ter a ver com Albon e Kvyat, para não irmos mais longe. Albon não era suficientemente bom, pelo que foi “dispensado” do programa. Afinal… tiveram de ir buscá-lo, à falta de melhor, e já é suficientemente bom para estar na casa mãe. (e provou-o). Kvyat começou por ser tão bom que ultrapassou outro candidato. E foi tão bom que subiu à Red Bull. Mas depois, foi tão mau que foi despromovido e mais tarde “dispensado”. No início do ano, à falta… Ler mais »

Eu_não_sou_o_frenando_afondo
Membro
Eu_não_sou_o_frenando_afondo

Tendo em conta a quantidade de pilotos que já dispensaram e despromoveram a meio de uma temporada, não acho assim tão descabido, mas tudo bem. Cada um com a sua.

últimas F1
últimas Autosport