/formula1/f1/f1-2023-analise-aos-pilotos-kevin-magnussen-nico-hulkenberg/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=f1-2023-analise-aos-pilotos-kevin-magnussen-nico-hulkenberg
F1 2023, Análise aos pilotos: Kevin Magnussen / Nico Hulkenberg | AutoSport

F1 2023, Análise aos pilotos: Kevin Magnussen / Nico Hulkenberg

Por a 5 Dezembro 2023 16:00

Em apenas dois anos, a Haas passou da dupla menos experiente da grelha (Nikita Mazepin / Mick Schumacher) para a dupla mais experiente, com Kevin Magnussen e Nico Hulkenberg. E, apesar do décimo lugar no campeonato, não foi pela dupla de pilotos que a equipa ficou no último lugar da tabela.

Magnussen e Hulkenberg têm histórias semelhantes: ambos com muito talento, mas sem nunca terem uma verdadeira oportunidade de mostrarem isso numa equipa de topo, ambos dispensados da F1, acabaram por ter de esperar uma oportunidade fora do Grande Circo, para regressarem ao topo do automobilismo. Ambos saíram da F1 magoados e algo desiludidos, para regressarem revigorados, mais maduros e experientes. Já pouco se lembram do episódio entre este duo, depois de uma luta mais acesa na Hungria, que valeu uma resposta de Magnussen que será lembrada durante muitos anos.

A Haas apostou na juventude em 2021, mas fê-lo de forma pouco acertada. Mazepin entrou pelo dinheiro que trazia, mas a Guerra na Ucrânia apressou um processo de dispensa, que acabaria por ser inevitável dado o nível que mostrou. Mick Schumacher não conseguiu mostrar o talento que todos lhe reconheciam, num processo que acabou por ser mal gerido. A Haas não tem tempo nem meios para apostar em jovens pilotos. A estrutura funciona melhor com pilotos experientes e foi esse regresso à fórmula do passado que foi promovida este ano. O sucesso não foi ainda encontrado, mas pelo menos, há uma base de trabalho mais forte.

Kevin Magnussen fez a sua segunda época após o regresso à F1 e depois de uma primeira época em que foi a estrela da equipa, este ano desiludiu. Teve dificuldades em encontrar o melhor compromisso de afinação, especialmente em qualificação. Não foi a época mais feliz de Magnussen com Hulkenberg a fazer um trabalho melhor.

Nico Hulkenberg regressou à competição a tempo inteiro e assumiu-se como o ponta-de-lança da equipa. O alemão marcou nove pontos, contra apenas 3 de Magnussen. Se Magnussen tem mercado metade dos pontos de Hulkenberg, a Haas tinha superado a Alfa Romeo e evitado o último lugar da tabela. Assim, foi uma época muito melhor para “Hulk” do que para “KevMag”. Hulkenberg destacou-se na qualificação, onde conseguiu um segundo lugar no Canadá (para depois cair para o quinto lugar, após penalização). Hulkenberg foi o mais rápido dos dois e mesmo em corrida, o alemão esteve mais vezes por cima. Isso não impediu a equipa de manter a dupla para 2024 e, apesar dos resultados pouco vistosos, ficou a clara sensação de que esta é a melhor dupla para servir os interesses a curto e médio prazo da equipa.

Nota AS:

Kevin Magnussen – Nota 4

Nico Hulkenberg – Nota 6

Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Já não é mais possível o Autosport continuar a disponibilizar todos os seus artigos gratuitamente.
Para que os leitores possam contribuir para a existência e evolução da qualidade do seu site preferido, criámos o Clube Autosport com inúmeras vantagens e descontos que permitirá a cada membro aceder a todos os artigos do site Autosport e ainda recuperar (varias vezes) o custo de ser membro.
Os membros do Clube Autosport receberão um cartão de membro com validade de 1 ano, que apresentarão junto das empresas parceiras como identificação.
Lista de Vantagens:
-Acesso a todos os conteúdos no site Autosport sem ter que ver a publicidade
-Oferta de um carro telecomandado da Shell Motorsport Collection (promoção de lançamento)
-Desconto nos combustíveis Shell
-Acesso a seguros especialmente desenvolvidos pela Vitorinos seguros a preços imbatíveis
-Descontos em oficinas, lojas e serviços auto
-Acesso exclusivo a eventos especialmente organizados para membros
Saiba mais AQUI
Subscribe
Notify of
3 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
jabarros26gmail-com
jabarros26gmail-com
2 meses atrás

Engraçado falar-se no talento destes dois senhores!! O pouco talentoso Shumacker somou tantos pontos a época passada como estes dois “Talentos” juntos nesta época, no entanto foi despedido!! curiosa a opção de um diretor de equipa pequenino!! e pouco apreciador de jovens promissores que precisam de tempo.

917/30
Reply to  jabarros26gmail-com
2 meses atrás

O “Shumacker” no ano passado levou um atesto de K Mag, convém não esquecer… por isso, e por ter estragado muito material foi de vela…

917/30
2 meses atrás

O carro (um autêntico devorador de pneus) era bem pior que o de 2022 e só andava bem em qualificação. Entre os dois pilotos Hulk foi de longe o melhor!

Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Já não é mais possível o Autosport continuar a disponibilizar todos os seus artigos gratuitamente.
Para que os leitores possam contribuir para a existência e evolução da qualidade do seu site preferido, criámos o Clube Autosport com inúmeras vantagens e descontos que permitirá a cada membro aceder a todos os artigos do site Autosport e ainda recuperar (varias vezes) o custo de ser membro.
Os membros do Clube Autosport receberão um cartão de membro com validade de 1 ano, que apresentarão junto das empresas parceiras como identificação.
Lista de Vantagens:
-Acesso a todos os conteúdos no site Autosport sem ter que ver a publicidade
-Oferta de um carro telecomandado da Shell Motorsport Collection (promoção de lançamento)
-Desconto nos combustíveis Shell
-Acesso a seguros especialmente desenvolvidos pela Vitorinos seguros a preços imbatíveis
-Descontos em oficinas, lojas e serviços auto
-Acesso exclusivo a eventos especialmente organizados para membros
Saiba mais AQUI
últimas F1
últimas Autosport
f1
últimas Automais
f1