Mercedes ganha FIA GT na Eslováquia, Parente abandona na 1ª volta

Por a 18 Agosto 2013 14:20

Os pilotos portugueses não tiveram hipótese de lutar pela vitória na corrida principal da FIA GT Series no Slovakia Ring. Parente nem se sentou no McLaren, pois Loeb envolveu-se num toque na primeira volta que o levou a abandonar com o carro a arder. Carlos Vieira abandonou à quinta volta com o Audi da Novadriver, e Patrick Cunha não conseguiu ir além do 12º lugar e 6º da classe Pro-Am.

Com Loeb ensanduichado entre Peter Kox e Andreas Simonsen, o francês acabou por tocar em Kox, que eliminou Alon Day quando este tentava passar por trás. Com um drive through imposto a Stéphane Ortelli por falsa partida, Simonsen ficou livre para liderar a corrida sem adversários. Sergey Afanasiev manteve o comando e venceu à geral, apesar de ser da categoria Pro-Am.

Sérgio Jimenez passou para o comando da classe com as trocas de piloto, mas o BMW não estava tão competitivo como os Audi da WRT. René Rast passou-o logo, com Frank Stippler e Laurens Vanthoor a seguir. Vanthoor depois passou o seu colega alemão a poucas voltas do fim.

Classificação:
1º Afanasiev/Simonsen (Mercedes) 27 voltas
2º Rast/Mayr-Melnhof (Audi) a 4,148s
3º Vanthoor/Ortelli (Audi) a 4,991s
4º Stippler/Sandstrom (Audi) a 5,422s
5º Jimenez/Zonta (BMW) a 15,356s
6º Baumann/Proczyk (Lamborghini) a 22,783s
7º Parisy/Zuber (McLaren) a 27,438s
8º Buncombe/Reip (Nissan) a 41,578s
9º Onidi/Salaquarda (Ferrari) a 44,835s
10º Seyffarth/Chandhok (Mercedes) a 59,922s
12º Cunha/Stumpf (Lamborghini) a 1m55,441s

últimas Pistas
últimas Autosport