Filipe Albuquerque prepara estreia no Mundial de Resistência com a Audi

Por a 22 Abril 2014 18:03

Filipe Albuquerque tem pela frente este ano o desafio de se mudar dos carros de turismo para as corridas de resistência, e já no próximo dia 3 de maio estreia-se ao volante do Audi R18 e-tron quattro nas 6 Horas de Spa-Francorchamps do Mundial de Resistência. A prova serve de preparação para as míticas 24 Horas de Le Mans, e o português terá como colegas no carro nº 3 Marco Bonanomi e Oliver Jarvis. Sendo uma realidade completamente nova, o piloto está a preparar-se de várias formas, como por exemplo  disputando as Le Mans Series europeias.

Falando do novo desafio, Albuquerque admitiu que “mudei o meu treino de fitness. Agora estou a repetir exercícios específicos com mais frequência para treinar os meus músculos mais intensamente. As forças laterais são muito maiores num LMP porque temos mais força aerodinâmica e maior velocidade em curva”. O cockpit é igualmente diferente com uma grande diversidade de controlos, com o piloto de Coimbra a admitir que “aprendi primeiro 37 botões e as suas funções, muito mais do que no DTM”.

Também a liberdade em termos tecnológicos do WEC em LMP1 não tem paralelo no DTM, e Filipe Albuquerque explicou a complexidade do Audi R18 e-tron quattro dizendo que “estamos a trabalhar juntos com um número de engenheiros muito maior. A Audi preparou-me de forma soberba para esta tarefa”. Outra novidade absoluta nas corridas de resistência é as inúmeras categorias a competir simultaneamente (quatro), e o português lembrou que “com um LMP1 como o R18 e-tron estamos na categoria mais rápidas. Precisamos de estar sempre atentos e ajustar a linha aos carros mais lentos que temos que evitar”.

Por fim, Albuquerque comentou a importância dos colegas de equipa para o sucesso nas corridas de resistência, acreditando nas capacidades de Marco Bonanomi e Oliver Jarvis, tendo já feito parcerias bem-sucedidas com ambos: “Juntos, os três temos que ter uma boa configuração. Temos sentimentos semelhantes como pilotos e estamos a trabalhar em conjunto no nosso objetivo de ter sucesso em Le Mans. A relação entre nós é excelente”, garantiu o luso que está prestes a estrear-se ao mais alto nível da resistência em Spa, a 3 de maio.

últimas Pistas
últimas Autosport