Filipe Albuquerque: “Entrei nas boxes na frente dos mais diretos adversários e saí atrás de todos eles”

Por a 18 Agosto 2013 15:23

Filipe Albuquerque efetuou hoje a melhor exibição da época no DTM, na corrida que hoje teve lugar no Nurburgring. O piloto português esteve e muito bom plano ao longo de toda a prova, e depois de sair da 17ª posição da grelha, chegou ao sétimo lugar, terminando a corrida em 11º. Na altura em que fez o último ‘pit-stop’, a equipa não foi tão rápida como o esperado, e, tendo em conta o equilíbrio na corrida, esse facto foi suficiente para o piloto cair cinco posições. Filipe viria a terminar num inglório 11º lugar depois de ter batalhado afincadamente para conseguir os primeiros pontos da época.

Numa corrida marcada pela chuva e consequentes adversidades, Filipe foi sempre dos pilotos mais rápidos em pista. Evitou um sem número de incidentes, ultrapassou e foi ultrapassado um sem número de vezes. Mas com a garra que o caracteriza esteve bastante bem e tudo indicava que um lugar no ‘top 7’ estaria assegurado. Mas infelizmente não basta o desempenho do piloto para que os resultados sejam reais.

“Mostrámos um grande andamento quer com chuva quer com piso seco e penso que esta corrida marca o ponto de viragem. Sair de 17º e chegar a 7º com aquelas condições foi um feito notável. No entanto, não há muito que eu possa fazer nos ‘pit-stops’. Ou corre bem ou corre mal. E infelizmente correu mal. Entrei nas boxes na frente dos mais diretos adversários e saí atrás de todos eles”, começou por explicar algo desiludido.

“E mesmo depois de tudo fiz para recuperar lugares. Mas naquelas condições foi impossível. Ficar em 11º depois de todo o trabalho em pista é ‘morrer na praia’ Terminar em sexto ou sétimo lugares era viável até à última paragem nas boxes”, concluiu o piloto português. A corrida foi ganha pelo piloto da Mercedes, Robert Wickens. A próximo jornada acontece dentro de um mês no traçado alemão de Oschersleben.

últimas Pistas
últimas Autosport