Fórmula E: Novidades para a temporada de 2019-2020

Por a 16 Junho 2019 15:41

Já há calendário para a sexta temporada do Campeonato de Fórmula E da ABB FIA, apresentando novos locais no centro de Seul e de Londres como parte do calendário mais longo e abrangente até à data.

O calendário 2019/20 foi ratificado na sequência da reunião do Conselho Mundial do Desporto Automóvel da FIA em Paris.

Composta por 14 corridas em 12 cidades e abrangendo quatro continentes, esta é a temporada mais movimentada. Terá início com uma dupla jornada em Ad Diriyah no mês de novembro.

A icónica cidade de Seul está pela primeira vez no calendário e recebe o E-Prix em maio. Londres também é novidade, sendo que a pista interior/exterior no ExCeL London receberá os fórmulas elétricos em julho.

Não são apenas novos locais de corrida na próxima temporada, mas também novas equipas, com a chegada tão esperada da Mercedes-Benz e da Porsche. Assim, o número total de carros passa a 24.

Além da publicação do calendário do Campeonato de Fórmula E da ABB FIA 2019/20, também foram feitas alterações aos regulamentos desportivos, que deverão ser introduzidos na sexta temporada.

Os pilotos terão uma potência adicional de 10kW de potência disponível ao utilizar o Attack Mode, passando de 225kW para 235kW. Além disso, os pilotos não poderão ativar o Attack Mode sob Full Course Yellow (FCY), ou quando o safety-car estiver em pista.

Além disso, para melhorar os efeitos da gestão de energia, durante os períodos de safety-car e Full Course Yellow passa a existir uma energia fixa, sendo esta igual a 1kWh por minuto durante o período de precaução. Esta medida faz com que os pilotos não sejam capazes de economizar energia em velocidades mais baixas. Também para a próxima temporada, o relógio de contagem regressiva pode parar se a corrida for temporariamente suspensa. Esta medida fica a cargo do Diretor de Corrida da FIA.

Um ponto adicional será entregue ao piloto mais rápido na qualificação do grupo. O piloto que assegura a pole position continua a somar três pontos, assim como um ponto ao piloto que marca a volta mais rápida dentro dos dez primeiros.

A FIA também divulgou mais detalhes sobre o prolongar o ciclo do carro de Gen2, sendo agora até ao final da oitava temporada. A prorrogação de uma temporada adicional foi acordada em conjunto com os fabricantes, tendo em conta a estabilidade das regras e o controlo de custos. No entanto, podem ser feitas atualizações adicionais ao desempenho do carro e alterações de regulação durante este ciclo, incluindo aumento de potência, melhorias nas baterias e uma evolução do design e da carroçaria.

Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas FORMULA E
últimas Autosport