Carlos Vieira teve fim de semana azarado no ANPAC Racing Weekend de Braga

Por a 15 Setembro 2020 13:48

O regresso de Carlos Vieira ao Circuito Vasco Sameiro para disputar as duas corridas do Braga ANPAC Racing Weekend saldou-se por uma enorme desilusão, com o Ford Escort RS a dar imensos problemas.

Na primeira corrida, Vieira perdeu posições devido a complicações com a caixa e embraiagem do Ford. Apesar disso, conseguia chegar à segunda posição, mas com o carro a sobreaquecer, Viera teve de diminuir o ritmo para preservar a mecânica.

A diminuição de ritmo fez com que Rui Costa o ultrapassa-se. Com mais problemas no carro, Vieira não evitou um toque, que partiu a direção do Escort. Com este problemas todos e apesar dos esforços do Team Novadriver, Vieira não alinhou para a segunda corrida do fim de semana em Braga.

No fim, a desilusão de Vieira era evidente: “As corridas são assim mesmo, mas não posso deixar de experimentar uma sensação de tristeza perante o facto de não ter tido a oportunidade de lutar pela vitória nas duas corridas de Braga. Ainda por cima num traçado que gosto muito e onde deixei claro que tinha possibilidade de vencer”.

“A verdade é que a embraiagem e a caixa de velocidade deram demasiadas dores de cabeça, desde que começaram os treinos e na primeira corrida ficou claro que seria muito complicado. Mesmo com o carro com muitas dificuldades no que toca à caixa, ainda consegui chegar à luta pela vitória, fazendo a volta mais rápida, mas a mecânica não quis colaborar com o sobreaquecimento do motor e a quebra da caixa”, explicou o piloto do Ford do Team Novadriver.

“Tristeza, frustração, mas a certeza que estaria na luta pela vitória. Não aconteceu, em Portimão e no Estoril será mais complicado, mas estarei presente, como sempre, com o objetivo de ganhar”, finalizou Vieira.

Deixe aqui o seu comentário

últimas VELOCIDADE
últimas Autosport