João Ramos vence Baja TT Rota do Douro

Por a 19 Março 2016 18:07

João Ramos começou da melhor maneira a época do Campeonato Nacional de Todo-o-Terreno ao assinar o triunfo na Baja TT Rota do Douro, prova inaugural da época de 2016. Este é assim um regresso aos triunfos do piloto em provas do CNTT, após 10 anos – venceu o Rali TT Serras do Norte em 2006, na altura ao volante de um Toyota RAV4 – nota para o facto de entre 2008 e 2013 o piloto ter estado afastado do CNTT.  Na segunda posição na Baja TT Rota do Douro ficou Rui Sousa.

O piloto do Porto foi o melhor nas duas passagens pelo Prólogo de ontem, mas após o CP1 desta manhã caiu para o terceiro lugar da geral, atrás do então novo líder, Nuno Matos, e Miguel Barbosa, segundo classificado. Ao volante da sua Toyota Hilux, Ramos considerou ter estado em desvantagem, apontando a falta de binário da sua carrinha a gasolina face aos motores Diesel dos seus mais diretos adversários, como um fator penalizador. Já Nuno Matos havia perdido algum tempo no SS1 ao ver alguma água e lama a entrar pelo vidro, com o seu navegador, Filipe Serra, a ter de ‘remediar’ a situação. Já Miguel Barbosa confessou ter sido ‘enganado’ por um furo. O piloto pensou ter furado e por isso parou para verificar a situação, mas tal não tinha acontecido.

À entrada para o SS2, disputado esta tarde, Nuno Matos era líder, seguido de Miguel Barbosa e João Ramos. Porém, o piloto da Toyota Hilux liderou de fio a pavio o SS2, enquanto Nuno Matos teve problemas na transmissão do seu Opel Mokka Proto, ficando com tração a apenas uma roda, antes de CP3 (km 55.85) e Miguel Barbosa acabou por abandonar com problemas de diferencial antes do CP4 (km 98.48). Factos que permitiram a Rui Sousa, com um andamento regular, a colocar a sua Isuzu D-Max no segundo lugar do pódio e Nuno Matos, apesar do atraso, a ‘minimizar os danos’, com um terceiro posto. Nota para o grande desempenho de João Rosa. O piloto, que não realizava uma prova do CNTT desde 2002, voltou à competição e conseguiu terminar no quarto lugar na prova de abertura da época, ao volante de uma Nissan Navara. Filipe Carvalho, que fez a sua estreia em T1, com um Bowler Wildcat , terminou no quinto lugar. Sexta posição para Luís Ferreira, que ao volante da sua Nissan Pathfinder foi o vencedor do T2. No sétimo posto ficou Avelino Reis, em Toyota RAV4, piloto que carimbou o triunfo no T8. Alexandre Mota foi o oitavo classificado, num evento em que se estreou no T1, tendo em mãos um Nissan Proto.

Tempos ONLINE AQUI.

 

Deixe um comentário

Please Login to comment
  Subscribe  
Notify of
últimas CPTT -CAMPEONATO PORTUGAL TODO TERRENO
últimas Autosport