/todooterreno/cntt-campeonato-nacional-todo-terreno/cptt-2023-tricampeonato-de-tiago-reis-pronto-para-outros-voos/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=cptt-2023-tricampeonato-de-tiago-reis-pronto-para-outros-voos
CPTT 2023, Tricampeonato de Tiago Reis: pronto para outros voos… | AutoSport

CPTT 2023, Tricampeonato de Tiago Reis: pronto para outros voos…

Por a 9 Dezembro 2023 14:44

Depois de um ano de 2022 perfeitamente dominado por João Ferreira, o Todo o Terreno Nacional teve em 2023 um ano semelhante, mas com outro protagonista: Tiago Reis assegurou o tricampeonato depois de uma competição de alto nível.

A competição joga-se a um alto nível, cada estrangeiro que cá vem correr comprova-o quando percebe que tem de dar ao ‘pedal para obter bons resultados, tal como vimos em Portalegre com Nasser al Attiyah.

Com o triunfo na Baja Oeste de Portugal, a dupla Tiago Reis/Valter Cardoso (Toyota Hilux T1+) asseguraram o tricampeonato na sequência de uma época quase perfeita, com um saldo de quatro vitórias, dois segundos lugares e um abandono. Chancelaram o título na penúltima prova do ano, pois foram claramente os mais rápidos e consistentes do plantel.

Foram derrotados em Beja, logo a abrir o campeonato, quando ainda não tinham a sua nova T1+, perdendo para João Ramos que correu com a Toyota Hilux T1+ alugada a Benediktas Vanagas, e depois perderam em Reguengos para João Ferreira e Filipe Palmeiro, no Mini JCW Rally da ARC Sport. Desde que se mudou da Montanha para o Todo o Terreno que Tiago Reis foi crescendo como piloto e hoje em dia é capaz de se bater com os melhores, mesmo a nível internacional, mesmo só disputando o CPTT e uma ou outra prova internacional, como a Baja de Aragon. Esperemos que regresse em 2024 com material competitivo, mas terminou o ano sem saber o que esperar de 2024.

Revisitando a sua época, o campeão de 2019, 2021 e agora 2023, teve de arrancar a competição com uma Hilux T1 semelhante à que correu em 2022, nos Montes Alentejanos, prova em que foram segundos a quase dois minutos, fazendo o melhor resultado que em teoria seria possível face ao carro de João Ramos.

Tiago Reis, com cerca de 100 Km percorridos, viu rebentar um tubo de travões optando por isso por um ritmo que lhe permitisse chegar ao fim na segunda posição, somando pontos importantes para o campeonato.

Na complicada prova da Extremadura, onde estreou a nova Hilux T1+, começou cauteloso, mas foi aumentando o ritmo e venceu. Logo de seguida, Tiago Reis/Valter Cardoso (Toyota Hilux)v venceram a Baja TT Norte de Portugal, repetindo o triunfo já alcançado na Baja Extremadura, e com isso destacam-se na liderança do campeonato. Tal como em Espanha, entraram cautelosos por causa das pedras e os furos, depois aumentaram o ritmo e venceram.

Em Loulé, estiveram ainda mais fortes, venceram o prólogo e os dois Setores Seletivos, deixando João Ramos/Pedro Ré (Toyota Hilux T1+) a quase oito minutos, uma margem que não é habitual a este nível.

Na Baja TT Sharish Reguengos/Mourão/Redondo, perderam para João Ferreira/Filipe Palmeiro (Mini John Cooper Works Rally Plus T1+) ,as com o segundo lugar, reforçaram a sua posição no campeonato, porque João Ferreira só fez uma ou outra prova, e quem era necessário controlar era João Ramos, terceiro, o que fizeram com mestria.

Na Baja Oeste, venceram com uma vantagem de 4m35.3s para a dupla João Ramos/Jorge Carvalho (Toyota Hilux), e com isso reconquistaram o título nacional de Todo-o-Terreno, tornando-se tricampeões (2019, 2021 e 2023).

Em Portalegre, um problema elétrico, no decorrer do primeiro Setor Seletivo de sábado deixou a Toyota Hilux parada na estrada, e obrigou ao abandono de Tiago Reis e Valter Cardoso. Não foi a melhor forma de acabar o Campeonato, pois mereciam terminar de outra forma uma temporada brilhante.

Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Já não é mais possível o Autosport continuar a disponibilizar todos os seus artigos gratuitamente.
Para que os leitores possam contribuir para a existência e evolução da qualidade do seu site preferido, criámos o Clube Autosport com inúmeras vantagens e descontos que permitirá a cada membro aceder a todos os artigos do site Autosport e ainda recuperar (varias vezes) o custo de ser membro.
Os membros do Clube Autosport receberão um cartão de membro com validade de 1 ano, que apresentarão junto das empresas parceiras como identificação.
Lista de Vantagens:
-Acesso a todos os conteúdos no site Autosport sem ter que ver a publicidade
-Oferta de um carro telecomandado da Shell Motorsport Collection (promoção de lançamento)
-Desconto nos combustíveis Shell
-Acesso a seguros especialmente desenvolvidos pela Vitorinos seguros a preços imbatíveis
-Descontos em oficinas, lojas e serviços auto
-Acesso exclusivo a eventos especialmente organizados para membros
Saiba mais AQUI
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Caro leitor, esta é uma mensagem importante.
Já não é mais possível o Autosport continuar a disponibilizar todos os seus artigos gratuitamente.
Para que os leitores possam contribuir para a existência e evolução da qualidade do seu site preferido, criámos o Clube Autosport com inúmeras vantagens e descontos que permitirá a cada membro aceder a todos os artigos do site Autosport e ainda recuperar (varias vezes) o custo de ser membro.
Os membros do Clube Autosport receberão um cartão de membro com validade de 1 ano, que apresentarão junto das empresas parceiras como identificação.
Lista de Vantagens:
-Acesso a todos os conteúdos no site Autosport sem ter que ver a publicidade
-Oferta de um carro telecomandado da Shell Motorsport Collection (promoção de lançamento)
-Desconto nos combustíveis Shell
-Acesso a seguros especialmente desenvolvidos pela Vitorinos seguros a preços imbatíveis
-Descontos em oficinas, lojas e serviços auto
-Acesso exclusivo a eventos especialmente organizados para membros
Saiba mais AQUI
últimas CPTT -CAMPEONATO PORTUGAL TODO TERRENO
últimas Autosport
cntt-campeonato-nacional-todo-terreno
últimas Automais
cntt-campeonato-nacional-todo-terreno