Baja TT Idanha-a-Nova, Ricardo Porém: “Não vou pensar no campeonato em Portalegre o que quero mesmo é vencer”

Por a 10 Setembro 2017 11:44

Ricardo Porém e Hugo Magalhães venceram a Baja TT Idanha-a-Nova e beneficiaram dos abandonos dos dois abandonos de João Ramos e Alejandro Martins, destacando-se desta forma nas contas do campeonato, numa altura em que faltam ainda duas provas. A competição era suposto terminar em Portalegre, mas o adiamento da Baja TT Rota do Douro ‘atirou-a’ para dezembro e por isso, com duas pontuações em aberto, o campeonato pode não ser decidido em Portalegre, ainda que neste momento esteja bastante bem encaminhado para Ricardo Porém: “Não vou pensar no campeonato em Portalegre, o que quero mesmo é vencer pela quarta vez consecutiva e oferecer à South Racing uma vitória na Taça do Mundo” começou por dizer Porém, que quanto ao campeonato “logo se vê como as coisas ficam em Portalegre”.

As contas estão muito bem encaminhadas, a liderança sai reforçada de Idanha à Nova, mas no TT, como na totalidade dos desportos motorizados, nada é garantido. Em Idanha a Nova, e com uma Ford Ranger cada vez mais competitiva, o piloto de Leiria teve, ainda assim, uma manhã complicada, devido a um furo, e acabou por perder a liderança da corrida conseguida no prólogo. Depois, Ricardo Porém partiu para a segunda especial do dia decidido a recuperar o tempo perdido e conseguiu-o, também porque João Ramos ficou pelo caminho: “No sábado de manhã não começámos da melhor forma. Tivemos um furo e acabámos por perder bastante tempo. Mas, da parte da tarde arrancámos decididos a atacar e conseguimos impor um bom ritmo desde o início. Assim, começámos por recuperar parte da desvantagem que tínhamos para logo depois passarmos para a liderança da corrida. A partir daí o objetivo foi gerir a diferença para o segundo classificado. Para nós esta vitória é muito importante porque faz toda a diferença para as contas finais do campeonato”, referiu Ricardo Porém.

O campeonato prossegue agora em Portalegre, para terminar a 2 e 3 de dezembro com a reagendada Baja TT Rota do Douro, uma prova que corre diversos riscos. O primeiro, que os campeonatos se decidam em Portalegre, com a consequente provável debandada, o segundo, que a meteorologia em dezembro torne muito complicada uma prova, que naquela data e no local previsto, a zona do Marão até pode ser… na neve.

Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
últimas CPTT -CAMPEONATO PORTUGAL TODO TERRENO
últimas Autosport