WRC, Michel Nandan: “Os carros de 2018 continuarão a ser todos muito próximos…”

Por a 13 Janeiro 2018 16:02

A Hyundai Motorsport não esteve muito longe de poder ser ela própria campeão em 2017, teve carro, teve piloto (não pilotos), mas também teve falta de consistência e menor fiabilidade. E é isso que quer resolver para este ano.

Para já vai começar a temporada de 2018 com as mesmas especificações com que terminou a temporada de 2017 no carro de Thierry Neuville. A equipa usou todos os jokers de homologação que tinha disponíveis para fazer estas mudanças. A meio da temporada, deverão surgir novos jokers tendo em vista o motor, provavelmente na ligação da transmissão ao motor e talvez também algo no diferencial.

“Estamos a trabalhar nisso, como tal, ainda não sabemos exatamente no que vamos usar o joker, mas, provavelmente, algo no diferencial central. Não acredito que vão existir grandes revoluções no carro, simplesmente existiram alguns ajustes aerodinâmicos. Prevejo que os carros de 2018 continuarão a ser todos muito próximos, tal como na temporada passada. Vimos que a Toyota deu passos muito seguros ao longo de 2017 e acreditamos que vão continuar assim. A Ford também apresentou alguns jokers no final da temporada, principalmente no diferencial e no desenho do carro, porque o de 2017 foi um pouco apressado. Para além disso, não espero muitas mudanças, porque o carro tinha uma boa performance. As mudanças que fizemos foram mais para melhorar a fiabilidade, que foi o nosso ponto fraco o ano passado. Em Monte Carlo, vamos ter dois chassis novos e um do ano passado”, disse Michel Nandan, diretor da Hyundai.

Martin Holmes

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

últimas Ralis
últimas Autosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/motosport.png